Juara (MT), 24 de outubro de 2017 - 09:27

? ºC Juara - MT

Economia

28/09/2017 09:27 Portal Brasil

Leilão de hidrelétricas supera expectativas e arrecada R$ 12,1 bi para os cofres públicos

Como parte do esforço de melhorar a prestação de serviços e reforçar as contas públicas, o governo federal arrecadou, nesta quarta-feira (27), R$ 12,13 bilhões, com o leilão de quatro usinas hidrelétricas. O resultado foi acima do mínimo de R$ 11,05 bilhões estimados para o certame, o que significa um ágio de 9,73%.

Agora, as usinas hidrelétricas de São Simão (GO/MG), Jaguara (MG/SP), Miranda (MG) e Volta Grande (MG/SP) voltam à operação da iniciativa privada pelos próximos 30 anos.

Anteriormente, esses empreendimentos eram operados pela estatal mineira Cemig, que teve seu contrato encerrado e não renovado.

Maior usina do pacote, a hidrelétrica de São Simão foi arrematada pela chinesa State Power Investment Group, enquanto as usinas de Jaguara e Miranda serão operadas pelo consórcio Engie Brasil. Por fim, a usina de Volta Grande pela Enel Brasil.

Disputa

Diante da concorrência pelos ativos de geração de energia, cada lote de usinas hidrelétricas registrou ágio na comparação com os lances mínimos fixados no edital. 

No caso da usina hidrelétrica de São Simão, os investidores chineses a arremataram por R$ 7,18 bilhões, com um ágio de 6,51% na comparação com o lance mínimo estabelecido. As usinas de Jaguara e Miranda foram vencidas com lances de R$ 2,17 bilhões e R$ 1,36 bilhão, com ágios de 13,59% e 22,42%, respectivamente. 

Por último, a usina hidrelétrica de Volta Redonda, conquistada pela Enel Brasil, foi vencida diante com um lance de R$ 1,41 bilhão e ágio de 9,84%.

Na avaliação do presidente do Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia (BBCE), Victor Kodja, o resultado do leilão realizado nesta manhã demonstrou a força dos ativos brasileiros de energia elétrica aos olhos do investidor. "Eu acho o resultado bastante positivo, mostra o interesse dos investidores nos ativos de energia e de infraestrutura como um todo", apontou.

Segundo ele, o sucesso do leilão mostra que o futuro das concessões, tanto na área de energia quanto nas outras áreas, é bastante promissor. "Pelo que estamos vendo é isso (promissor). É um bom prenúncio", acrescentou.

Como funciona o leilão

De acordo com as regras previstas no edital, o leilão dos projetos ocorreu simultaneamente. O vencedor foi o que ofertou o maior valor de outorga (ou contribuição fixa inicial, que soma o valor mínimo do leilão e o ágio ofertado). Esse valor será pago na assinatura dos contratos.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo