Juara (MT), 10 de dezembro de 2018 - 17:02

? ºC Juara - MT

Esporte

10/10/2018 05:02 Gazeta Esportiva

Vasco empata clássico com o Botafogo e deixa a zona de rebaixamento

No clássico carioca que encerrou a 28ª rodada doCampeonato Brasileiro, Botafogo e Vascoempataram por 1 a 1, em jogo disputado na noite desta terça-feira, no estádio Nilton Santos. O resultado frustrou as duas torcidas, mas serviu para tirar o Vasco da zona de rebaixamento. O time de São Januário chegou a 31 pontos ganhos e subiu para a 15ª colocação, enquanto o Botafogo agora 34 pontos ganhos e ocupa a 12ª posição com 34 pontos ganhos. Os gols foram marcados no primeiro tempo. Luiz Fernando anotou para o Botafogo e Maxi López empatou para o Vasco.

A partida foi mais interessante no primeiro tempo quando o Botafogo partiu para o ataque, enquanto o Vasco tentava aproveitar os espaços para chegar no gol defendido por Saulo. Na segunda etapa, os dois times caíram de rendimento e a o jogo ficou monótono e seu final foi saudado com vaias por parte das duas torcidas presentes ao Engenhão.

Na próxima rodada, o Botafogo vai enfrentar o Ceará, no Castelão; o Vasco vai receber o Cruzeiro, em São Januário.

O Botafogo começou a partida com maior disposição ofensiva e antes do primeiro minuto, Gustavo Bochecha já tinha chutado para o gol, mas a bola encobriu o travessão defendido por Fernando Miguel. O Vasco encontrava dificuldades para sair da defesa porque a marcação botafoguense impedia uma saída tranquila de bola do adversário. Aos seis minutos, após cruzamento de Moisés, o zagueiro Carli toca de cabeça, mas a bola saiu sem levar perigo.

Só aos nove minutos é que o Vasco chegou na área da equipe da casa. Um chute de Fabrício desviou na zaga e saiu para escanteio. Aos 16 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Rodrigo Lindoso levantou para Kieza que, de peito, ajeitou para a conclusão certeira de Luiz Fernando que não deu qualquer chance de defesa para Fernando Miguel.

Em desvantagem, o Vasco partiu para o ataque e quase consegue a igualdade aos 19 minutos. Após cruzamento de Fabricio, Henrique cabeceou e Saulo fez grande defesa, espalmando para escanteio. A equipe dirigida por Zé Ricardo seguia controlando as ações e quase ampliou aos 29 minutos em bomba de Luiz Fernando que assustou Fernando Miguel. O Botafogo se aproveitava das falhas de marcação do lado direito, onde Pikachu encontrava dificuldade para conter as investidas de Moisés e Luiz Fernando pelo seu setor.

Aos 30 minutos, um cruzamento de Luiz Fernando desviou em Luiz Gustavo e quase enganou o goleiro Fernando Miguel. O Vasco mostrou que estava vivo aos 34 minutos quando Andrei recebeu bom passe de Maxi López e bateu forte para ótima defesa de Saulo que desviou para escanteio. Um minuto depois, a equipe de São Januário chegou ao empate. O volante Willian Maranhão arriscou o chute, Máxi Lopez dominou e chutou para colocar nas redes de Saulo.

O Botafogo não se abalou e aos 38 minutos, Marcinho levantou na área e Igor Rabello cabeceou forte, mas Fernando Miguel fez grande defesa.Aos 42 minutos, o volante Gustavo Bochecha sentiu dores no joelho direito e João Pedro chegou a ser chamado por Zé Ricardo, mas Bochecha se recuperou e continuou em campo. No último lance importante da primeira etapa, Andrey invadiu a área do Botafogo e caiu pedindo a marcação de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Segundo tempo

O Botafogo começou o segundo tempo com a mesma disposição mostrada no início do jogo, forçando o Vasco a recuar para segurar a pressão. Aos seis minutos, Luiz Fernando fez ótimo lançamento para a penetração de Moisés, mas o lateral-esquerdo se atrapalhou e acabou desperdiçando a jogada. Aos sete minutos, após cruzamento na área, Kieza é puxado por Ramon, mas consegue cabecear. Os jogadores do Botafogo pedem a marcação de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Preocupado com o baixo rendimento da sua equipe, o técnico Alberto Valentim trocou Fabricio por Giovanni Augusto. Logo depois, Zé Ricardo também mexeu no Botafogo. Saiu o volante Gustavo Bochecha e entrou o meia João Pedro.

Os dois times não repetiam o desempenho do primeiro tempo e tornavam a partida muito truncada com erros de passes e excesso de faltas. Só aos 22 minutos é que a torcida cruz-maltina se agitou quando Andrey mandou a bomba e Saulo fez grande defesa, espalmando para escanteio.

O ritmo lento do jogo irritava a torcida que arriscava algumas vaias. Aos 36 minutos,  Rodrigo Pimpão cruzou e Luiz Fernando desviou para fora, sem levar perigo para Fernando Miguel. Três minutos depois, o goleiro do Vasco voltou a aparecer bem para desviar um chute forte de Marcinho.

Aos 43 minutos, Giovanni Augusto arrancou pelo meio, tentou driblar Joel Carli e perdeu, causando irritação em Maxi López que entrava livre e esperava receber o passe. Um minuto depois, o Botafogo desperdiçou mais uma oportunidade para desempatar. Após cruzamento na área, Pimpão toca de cabeça e Igor Rabello chutou forte, mas a bola bateu na zaga e saiu para escanteio. Após a cobrança, os jogadores do time da casa pediram a marcação de pênalti, quando a bola tocou no cotovelo de Yago Pikachu.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo