Juara (MT), 16 de novembro de 2018 - 11:28

? ºC Juara - MT

Esporte

07/11/2018 05:49 R7

Com gol brasileiro, Club Brugge goleia e aumenta crise do Monaco

Brasileiro Wesley fez um dos gols da vitória por 4 a 0. De treinador novo, equipe do Principado não ganha um jogo desde o dia 11 de agosto.

Brasileiro Wesley fez um dos gols da partida

AFP

Abalado pela prisão de seu presidente, o Monaco foi goleado por 4 a 0 pelo Club Brugge, em pleno Stade Louis II, e está praticamente eliminado da Liga dos Campeões, faltando ainda duas rodadas para o fim da fase de grupos.

Para ainda restar alguma esperança, precisa torcer por derrota do Atlético de Madrid para o Borussia Dortmund, às 18h (de Brasília) nesta terça-feira (6). Vanaken (2), o brasileiro Wesley e Vormer marcaram os gols do massacre.

A liderança do Grupo A é do Borussia Dortmund, com nove pontos, seguido pelo Atlético de Madri, que soma seis. Com a vitória, o Club Brugge foi a quatro pontos. Na lanterna, o Monaco tem apenas um.

O prenúncio da tragédia no Louis II apareceu antes de a bola começar a rolar. Segundo a imprensa francesa, o presidente do clube, Dmitry Rybolovlev, foi preso por corrupção e tráfico de influência, ativa e passiva, e cumplicidade nesses delitos. As arquibancadas estavam vazias, o que mostra que os torcedores já não confiam mais no time.

O resultado deixa a situação de Thierry Henry a perigo no Monaco. O ex-jogador assumiu o time no dia 20 de outubro. Desde então, ainda não venceu: dois empates e três derrotas. O único triunfo da equipe na atual temporada foi no dia 11 de agosto, no 3 a 1 sobre o Nantes, fora de casa, na primeira rodada do Campeonato Francês.

O Monaco entrou em campo com ao menos oito desfalques para pegar o Club Brugge. A equipe teve dez minutos que deixou o torcedor, ao menos, esperançoso. O Monaco foi ao ataque e chegou a perder uma boa chance.

Contudo, a pequena euforia que rondou os poucos torcedores no Stade Louis II foi por água abaixo aos 12'. Em cruzamento pela direita, a bola passou por todo mundo e sobrou para Vanaken marcar.

O gol fez o Monaco entrar em pane e não acertar mais nada na partida. Tranquilo, o Brugge chegou ao segundo tento aos 17. Vanaken, dessa vez de pênalti, ampliou. O jogo estava fácil para os belgas, que aproveitavam a desorganização tática e emocional dos anfitriões, que não conseguiam criar e nem fechar os muitos buracos no seu setor defensivo. Assim, o terceiro gol saiu naturalmente. Em contra-ataque, Wesley recebeu pela esquerda, cortou facilmente para o meio e bateu forte, sem chance para Benaglio.

O Brugge ainda teve tempo de perder algumas chances no primeiro tempo, com Benaglio pegando as finalizações. Na etapa final, os belgas controlaram as ações e não deixaram os monegascos gostarem do jogo. No fim, ainda fez o quarto gol. Em falha gritante da defesa do Monaco, Vormer apareceu sozinho e finalizou no canto do goleiro suíço, que nada pôde fazer.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo