Juara (MT), 21 de maio de 2019 - 19:06

? ºC Juara - MT

Esporte

07/03/2019 06:23 R7

Ausência de Neymar, falha de Buffon, o PSG fora da Champions

Com mais duas das suas oito partidas, prosseguiu nesta quarta-feira, 6 de Março, a etapa de retorno das oitavas-de-final da edição de número 64 da Champions League da Europa, a 27ª desde que a disputa adquiriu tal nome, em 1992/93. Antes batizada de European Cup, a CL só abrigava o dono da taça e os ganhadores dos certames nacionais dos 31 países da UEFA. Então, paulatinamente o continente se fragmentou e a entidade, claro, se obrigou a multiplicar aquela quantidade de clubes participantes.

Bem diferente do esperado, o PSG da França, que havia batido o Manchester United na pugna de ida, dentro da Inglaterra, por 2 X 0, novamente desperdiçou a grana dos seus proprietários catarianos e empacou nas oitavas ao perder a pugna de retorno por 1 X 3. Também com uma enorme tensão e um nervosismo absurdo, o Porto, diante da Roma, batalhou para reverter o placar de 1 X 2 da sua porfia na Bota. Conseguiu, 3 X 1, na prorrogação.

A classificação do Ajax em Madrid

A classificação do Ajax em Madrid

@ChampionsLeague

O United e o Porto se agregaram ao Ajax da Holanda e ao Tottenham da Inglaterra, já classificados nos combates da terça-feira, dia 5. De maneira impactante os “Filhos dos Deuses” do treinador Erik ten Hag, ao devastarem por 4 X 1, em pleno Santiago Bernabéu, o agora ex-detentor do troféu, o Real Madrid que havia ganho por 2 X 1 a peleja de ida em Amsterdam. Bem mais logicamente os “Spurs” diante do Borussia Dortmund, a sua meta inviolada nos 3 X 0 de Londres e também na volta da Alemanha, 1 X 0.

A classificação do Tottenham, em Dortmund

A classificação do Tottenham, em Dortmund

@ChampionsLeague

Aberta em 26 de Junho, com 79 agremiações dos hoje 55 países integrantes da entidade, antes desta etapa com 16 equipes a CL tinha se desdobrado em cinco eliminatórias, uma fase com oito grupos de quatro clubes e daí os jogos de ida das oitavas. No total, foram 199 prélios nos quais se anotaram 518 gols, média de 2,60. A partir dos grupos, com o creme-do-creme da competição, em 108 partidas houve 307 tentos, a média obviamente superior, 2,84.

Em Madrid, o Wanda, o lindo palco da decisão

Em Madrid, o Wanda, o lindo palco da decisão

@wandametropolitano2

Exatamente 5.102.874 de pessoas presenciaram os 108 combates, 47.249 por pugna. Um volume excelente. A volta das oitavas irá até 13 de Março. Depois, entre 9 e 17 de Abril se desenvolverão as quartas-de-final. De 30 de Abril a 8 de Maio, as semis. A decisão acontecerá em partida única, como de hábito na CL. Data e local, 1º de Junho, no Wanda Metropolitano de Madrid.

PORTO 2 (1) X 1 (0) ROMA
Estádio do Dragão, 50.033 espectadores
(Soares, Marega, Alex Telles/pen X De Rossi/pen)
Na ida, Roma 2 X 1 Porto
Olímpico, 51.727 espectadores
(Zaniolo/2 X Ádrian Lopez)

Equívoco basilar de Eusebio Di Francesco, o treinador da “Loba”: estruturar o seu elenco na retranca, três centrais e seis meio-campistas, apenas o artilheiro Dzeko na frente. A fogosidade do “Dragão” de Sérgio Conceição, porém, pressionou até arrebentar a imitação de “catenaccio” aos 26’ quando, no cruzamento raso de Marega, em posição duvidosíssima Soares aparou. Cuneyt Cakir, um árbitro costumeiramente impecável, titubeou, consultou o VAR e confirmou o gol do 1 X 0. Estranhamente, o Porto refluiu e, aos 36’, Éder Militão cometeu um penal boboca em Perotti. De Rossi cobrou, 1 X 1,

Azar da “Loba”, pouco antes do intervalo De Rossi, o seu líder, sentiu uma contração muscular, pediu substituição. Pior, aos 53, num lance arquitetado por Corona, o melhor do “Dragão” na noite, Marega fez 2 X 1, o seu sexto gol em seis partidas consecutivas. E mais não ocorreu, além de uma sucessão de atabalhoamentos, até a imperiosidade da prorrogação, 30’. Dzeko fracassou em duas ocasiões decisivas. E quando mais despontava a probabilidade dos penais, aos 117’, Florenzi cometeu a falta fatal em Fernando. Cakir recorreu ao VAR. E Alex Telles cobrou com precisão, o Porto nas quartas,

PSG 1 X 3 MANCHESTER UNITED
Parc des Princes, 44.441 espectadores
(Bernat X Lukaku2, Rashford/pen)
Na ida, Manchester United 0 X 2 PSG
Old Trafford, 74.054 espectadores
(Kimpembe, Mbappé)

Antes mesmo dos 2’ de peleja, os “Red Devils” de Ole Gunnar Solskjaer asseveraram que não permitiriam, aos “Rouges-et-Bleus” de Thomas Tuchel, um vareio de bola sequer assemelhado àquele que assolou o United, diante dos seus fanáticos, na ida de Old Trafford. Sempre atento, o tanque Lukaku saboreou uma barbeiragem da bequeira do PSG e inaugurou o marcador. No entanto, só demorou até os 12’ o temor no Parc Des Princes. A defesa visitante devolveu a besteira, o sempre esperto Mbappé cruzou da direita e, na área pequena, Bernat meramente escorou. Parecia a salvação.

Gol do PSG, a ilusão da passagem às quartas

Gol do PSG, a ilusão da passagem às quartas

@ChampionsLeague

Pois é, um lateral canhoto a ocupar o espaço que seria do ausente Neymar, convalescente de uma nova lesão no pé destro e a testemunhar o cotejo da tribuna, depois de uma diversão irresponsável na gandaia carnavalesca do Brasil. O empate de 1 X 1 levaria o PSG às quartas. Todavia, aos 30’, inacreditável, um chute despretensioso de Rashford surpreendeu o grande Buffon, que bateu roupa e Lukaku se locupletou, impacto, United 2 X 1.

Aos 90', de pênalti, Rashford supera Buffon e leva o United às quartas

Aos 90', de pênalti, Rashford supera Buffon e leva o United às quartas

@ChampionsLeague

Acabou um duelo de estrategistas e eclodiu uma pelada com muito mais desespero do que engenho. Então, aos 90’, num chute despretensioso, de novo, agora de Dalot, a bola atingiu o braço alçado de Kimpembe. Por descargo de consciência o árbitro Damir Skomina, da Eslovênia, consultou o VAR. Um pênalti que Rashford cobrou sem chances para o resgate de Buffon. United 3 X 1 e o PSG eliminado, para a perplexidade de Neymar, agora numa lateral do gramado, macambuzio, a clicar no celular e a pensar que ficará outra temporada sem o privilégio dos alalaôs da Champions League. 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo