Juara (MT), 24 de outubro de 2017 - 08:44

? ºC Juara - MT

Estaduais

10/10/2017 19:51 Blog do Valdemir

Blairo Maggi sai das investigações da “Lava Jato”

Com a decisão do ministro Edson Fachin, responsável pelos processos da “Operação Lava Jato” no Supremo Tribunal Federal (STF), de redistribuir o inquérito contra o ex-governador do Estado e hoje ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), senador Blairo Maggi (PP), sobre uma possível cobrança e recebimento de propina do Grupo Odebrecht para custear despesas de campanha, Blairo Maggi está fora da “Lava Jato”.

Na época, um dos delatores da Construtora,Norberto Odebrecht relatou à força tarefa da “Operação Lava Jato” que o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, teria recebido uma contribuição para sua campanha ao governo de Mato Grosso em 2006, relativo à propina por pagamento de repasses da União ao governo estadual.

O ministro Maggi afirmou na época que não teria recebido as doações de campanha daEmpresa Odebrecht e que não tinha nenhum tipo de relacionamento com a empresa ou os seus dirigentes. “Tenho minha consciência tranquila de que nada fiz de errado”, teria dito oMinistro Blairo Maggi.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, em seu despacho proferido no dia 4 de outubro diz: "Confrontando-se o objeto da referida petição geradora da prevenção com os fatos aqui em apuração, conclui-se, na linha do que preconizado pelo Ministério Público Federal, que não há, neste momento, qualquer causa de modificação de competência que justifique o afastamento da regra da livre distribuição, porque, no caso em análise, apuram-se fatos desconexos com o contexto da Petrobras S/A.", diz trecho da decisão.

Com isso, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, deverá encaminhar o inquérito para outro relator. "À luz dessas ponderações, submeto a questão à consideração da eminente Presidente deste Supremo Tribunal Federal, Min. Carmen Lúcia, competindo ao novo Relator o exame dos demais pedidos em aberto.", diz trecho da decisão de Fachin. 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo