Juara (MT), 24 de abril de 2018 - 17:40

? ºC Juara - MT

Estaduais

04/01/2018 14:45 G1 MT

Juiz aceita denúncia e empresário, médica e mais dois viram réus por morte de prefeito em Colniza (MT)

O empresário Antônio Pereira Rodrigues Neto, a médica Yana Fois Coelho Alvarenga e mais dois viraram réus no processo que apura a morte do prefeito de Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, Esvandir Antonio Mendes. Os cinco haviam sido denunciados pelo Ministério Público pelo crime ocorrido em dezembro do ano passado. A decisão de acatamento da denúncia é do juiz plantonista Ricardo Nicolino de Castro.

Além do empresário e da médica, que é esposa dele, viraram réus Zenilton Xavier de Almeida e Welison Brito da Silva, apontados como executores. O G1 não conseguiu localizar defesa deles.

Os cinco devem responder, entre outros crimes, por organização criminosa e homicídio qualificado por motivo fútil e promessa de recompensa.

Na decisão, o magistrado afirma que no curso da investigação há lastros de prova “mínimo e idôneo” que apontam a comprovação da existência do crime e indícios suficientes da autoria dele.

“No caso em análise, o primeiro requisito (fumus comissi delicti) se verifica dos indícios suficientes de autoria e materialidade que se extraem do boletim de ocorrências, termos de declarações colhidos, laudos acostados aos autos, e pelos relatórios policiais”, diz trecho da decisão.

Antônio e os dois executores foram presos no dia seguinte ao crime. Yana foi detida no dia 24 de dezembro.

Crime

Esvandir foi morto no dia 15 de dezembro quando voltava da zona rural do município. Ele foi perseguidos pelos suspeitos que estavam em um SUV de cor preta. Após os disparos, o prefeito ainda conseguiu dirigir e chegar no perímetro urbano.

O corpo de Esvandir foi levado para Rondônia, onde foi sepultado. Primeiro, foi realizado um velório, no ginásio municipal de Colniza, e depois o corpo foi levado para Ji-Paraná (RO). Várias pessoas acompanharam o velório na cidade e se emocionaram.

Os denunciados também vão responder por tentativa de homicídio qualificado contra o secretário de Finanças do município, Admilson Ferreira dos Santos, 41 anos, que estava no veículo junto com o prefeito e também foi baleado.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo