Juara (MT), 18 de outubro de 2017 - 13:23

? ºC Juara - MT

Juara

13/04/2017 14:19 Acesse Notícias

Com grande extensão territorial, região de Itapaiunas poderá ser o novo celeiro agrícola

Em uma apresentação durante a visita do vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), o ex-secretário de agricultura de Juara e atual técnico do Indea, Kidney Franklin, apresentou as potencialidades da região de Itapaiúna que segundo o técnico, tem o dobro de tamanho de vários municípios matogrossenses em extensão territorial. 

A região de Itapaiúna está localizada a sudeste do município de Juara (559 MIL HÁ) e também com uma área pertencente ao município de Tabaporã (180 MIL HÁ). Ambas as áreas totalizam aproximadamente 739 mil hectares, que corresponde o dobro de tamanho da capital do Estado, Cuiabá, Lucas do Rio Verde e quase o dobro da área territorial do município de Sinop.

Na região de Juara, conta com 230 propriedades, uma estimativa de aproximadamente 200 mil cabeças de gado e o inicio da atividade em piscicultura com previsão de produção de 40 toneladas de peixe para a safra 16/17.

A distância de Juara até o município de Alta Floresta, pela estrada de Itapaiúna, tem aproximadamente 290 km, 44 pontes até a divisa de Tabaporã com o Rio Apiácas.

A reconstrução da rodovia e possível asfaltamento atenderá a outras regiões como Juruena, Nova Bandeirantes, região de Paranorte, distrito de Juara, que possuem somadas juntas 2.677 propriedades totalizando cerca de 910 mil cabeças de gado, além de Nova Canaã, Tabaporã e Alta Floresta.

Entre os potenciais da região da Itapaiúna está o auto perfil para plantação da Lavoura, aumento da atividade da agropecuária, vários projetos de manejo florestal, aumento da atividade da piscicultura, potencialidade do incentivo ao Turismo através da pesca esportiva e outros, servir como via de escoamento de soja até o porto de Miritituba (PA).

Também é uma região produtora de energia Elétrica, através do complexo hidrelétrico Apiacás que esta localizado a cerca de 70 KM e é composto por duas PCH´S e uma UHE, sendo:

PCH da Fazenda – 27,0 MW;

UHE Salto do Apiacás – 45,0 MW;

PCH Cabeça de Boi – 30 MW.

Totalizando assim a capacidade de complexo de 102 megawatts.

O técnico do Indea argumentou durante a sua palestra na visita do vice-governador de MT, Carlos Fávaro, que se for considerado que 30% (221.770 HÁ) da área dessa região (Itapaiúna) que totaliza aproximadamente 739 mil hectares for produzido soja, teria um valor bruto de da produção anual de R$ 565.069.960,00/safra. 

Se o governo do estado fazer os devidos investimentos na região de Juara e Itapaúna, teria consequentemente os valores obtidos para aumentar a arrecadação e impostos e tributos para o estado de Mato Grosso.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo