Juara (MT), 17 de outubro de 2017 - 21:57

? ºC Juara - MT

Juara

16/06/2017 16:01 Acesse Notícias

Troca de comando do 21º Batalhão de Polícia Militar de Juara foi realizada

Foi realizada na manhã de quarta-feira, dia 14 de junho a troca de comando do 21º Batalhão de Polícia Militar de Juara. O Major Félix deixou de comandar a unidade para ser diretor da Escola Militar Tiradentes e quem passará a responder pela 21º Batalhão será o Major Orlando que por morar em Juína e comandar o 20º Batalhão, o Capitão Fontes irá assumir os trabalhos como subcomandante e respondendo pelas ações pertinentes.

“O que pudermos auxiliar a comunidade e o 21º batalhão, seremos parceiros” - Major Félix. 

O ex-comandante do 21º Batalhão e agora diretor da Escola Militar de Juara, Major Félix falou que a partir de agora passará a focar na direção da escola. “O que pudermos auxiliar a comunidade e o 21º batalhão, seremos parceiros”. Comentou.

Félix avaliou como positivo os anos em que esteve à frente do 21º Batalhão de Juara. As aulas da escola militar foram iniciadas no dia 22 de maio e uma solenidade com aula inaugural está sendo organizada para acontecer nos próximos dias.  

O subcomandante, Alexandre Fontes Teixeira (Capitão Fontes) que passará a comandar o 21º Batalhão relatou que o município de Juara tem uma população ordeira e em comparação com outros municípios, a criminalidade na cidade não apresenta índices elevados de ocorrência. O subcomandante também irá fixar residência com sua família, tendo como prioridade melhorar a estrutura física e capacitação  técnica dos policiais com treinamento.. “Vamos buscar manter o bom trabalho que vinha sendo feito pelo Major Félix e fazer adaptações necessárias”. Ressaltou.

Capitão Fontes veio de Juína e falou para a Rádio Tucunaré que tem 12 anos de trabalhos prestados na polícia militar. Além do município anterior, o capitão trabalhou em Aripuanã, foi chefe da administração dos 10 municípios que compreendem a região noroeste de Mato Grosso além de conhecer os companheiros de trabalho de Juara e cidades vizinhas.

“Vamos buscar manter o bom trabalho que vinha sendo feito pelo Major Félix e fazer adaptações necessárias”. - Capitão Fontes. 

Sobre o efetivo, o capitão relatou que infelizmente o Estado não conta com o número exato que deveria ser de 12 a 14 mil policiais, no entanto atualmente aproximadamente 8 mil policiais fazem o trabalho de segurança em Mato Grosso.

O comandante do Comando Regional VIII (oito), Coronel Henrique, elogiou o esforço feito pelo Major Félix e segundo ele, o Capitão Fontes fará um ótimo trabalho, assim como realizou em Aripuanã onde deixou o legado de reformar o quartel daquele município em pouco tempo e também organizar a parte de gestão e operacional.

Além de Juara, agora o oficialmente subcomandante do 21º Batalhão, Capitão Fontes, também terá que comandar as subunidades do batalhão que é um dos maiores em número de distritos, comunidades e os municípios: Novo Horizonte, Porto dos Gaúchos, Tabaporã, Nova Fronteira e Americana.

Pelo fato de o Capitão Fontes ser subcomandante, quem irá responder de maneira interina será o Major Orlando que já vinha trabalhando a frente do 21º Batalhão. Fontes será responsável por exercer o trabalho de auxilio na gestão até que se venha oficialmente um Major ou um Tenente Coronel. “Independentemente dessa alteração, o Capitão Fontes passará uma boa temporada por aqui e independente de quem venha no futuro ele continuará administrando toda a região”. Explicou.

“Quando falamos em corrupção, estamos falando de falta de respeito. Quando a pessoa se corrompe, tira dinheiro do Estado e do Município para usar em benefícios próprios". - Coronel Henrique. 

Futuros trabalhos no 21º Batalhão

Segundo o Coronel Henrique informou para o site Acesse Notícias, foi iniciado um dialogo com a prefeita Luciane Bezerra para o que o 21º Batalhão mude de local sendo feita a construção em uma região mais centralizada.

O Coronel destacou a vinda da Escola Tiradentes como sendo muito importante e relevante para o município de Juara, por ser uma escola responsável por trabalhar com a disciplina e principalmente o respeito. “Quando falamos em corrupção, estamos falando de falta de respeito. Quando a pessoa se corrompe, tira dinheiro do Estado e do Município para usar em benefícios próprios. As crianças que saírem da Escola Tiradentes, esperamos que sejam pessoas melhores”. Comentou.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo