Juara (MT), 17 de outubro de 2018 - 01:07

? ºC Juara - MT

Juara

08/02/2018 16:37 Acesse Notícias

PROCURADO: Delegado divulga foto de Marcelo Sales acusado de matar sua ex mulher e esfaquear namorado

Por volta das 15 horas, o delegado de Polícia Civil de Juara Carlos Henrique Engelmann concedeu entrevista à rádio Tucunaré e site Acesse Notícias para falar sobre os levantamentos policiais acerca da morte da jovem Izabel Aparecida do Amaral, 31 anos na noite do dia 7 em sua residência quando estava acompanhada de seu namorado Magno reato que também foi esfaqueado, mas está em tratamento.

Leia: Juara: Homem mata mulher degolada e esfaqueia o namorado

Segundo o delegado, dois crimes foram apontados: Feminicídio e tentativa de homicídio.

A equipe de investigação encontrou Izabel morta devido a hemorragia pelo profundo corte no pescoço e que o namorado estava sendo atendido no hospital municipal.

Conta que o ex marido Marcelo Sales Pereira, entrou na residência com uma faca e investiu contra os dois querendo tirar a vida de ambos.

O namorado de Izabel Magno Reato chegou a entrar em luta corporal com Marcelo e fugiu pela parte da frente da residência e Izabel teria corrido para os fundos, mas como foi encontrada degolada no banheiro, acredita-se que ela deva ter retornado acreditando que o ex-marido não estivesse mais no local, até por que, na casa estava a filha de 2 anos e meio que também é filha de Marcelo.

Conta ainda o delegado que o relacionamento de Isabel e Marcelo terminou no dia 25 de dezembro, pois ele abandonando Isabel e foi morar com a mãe. 

A polícia civil está a campo fazendo os levantamentos necessários e colhendo provas testemunhais e demais informações a respeito do fato e o autor do ilícito e está civilmente identificado, tendo a identificação dele e por isso a polícia civil espera, que Marcelo se apresente o quanto antes, com ou sem advogado, para que se possa colher dele a versão dos fatos e encaminhar o inquérito policial, para que a justiça diga, o que deverá acontecer a respeito desse fato.

Marcelo deve ser indiciado pelo crime de feminicídio, bem como pela tentativa de homicídio, que praticou contra Magno Reato.O motivo do crime é fútil e sem deixar a chance de reação para as vítimas que seria mais uma qualificadora, justificou o delegado.

O que a polícia civil faz nesse momento é a investigação protocolar que é colher todos os elementos de cognição, termo as perícias tanto no local do crime como nos corpos das vítimas.

A população pode colaborar com a polícia civil indicando local que Marcelo se esconde bem como, caso alguém o conheça, que o aconselhe a se entregar, para que ele possa esclarecer os demais elementos do Crime e responder pelo que praticou.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo