Juara (MT), 20 de agosto de 2018 - 16:01

? ºC Juara - MT

Juara

06/06/2018 16:08 Rádio Tucunaré/Acesse Notícias

Ações de contenção de gastos geram elogios e críticas. Sirena diz: "Não sou político de carreira. Medidas são amargas, mas necessárias".

O prefeito interino Carlos Sirena, morador de Juara há mais de 30 anos, não tem tradição de envolvimento político partidário, mas sempre participou com sua família, de programas sociais da Igreja Católica, dos clubes de serviços e por todo esse histórico de envolvimento social, muitas pessoas confiam em sua gestão e vislumbram a possibilidade de melhorias no município, porque existe no país, uma desconfiança generalizada contra a classe política.

Tais mudanças precisam acontecer de forma livre dos interesses eleitoreiros, que norteiam os grupos em Juara e que, "assombram" as administrações encharcando o poder público com "jogos de interesse", dos que torcem pelo "quanto pior melhor", assim avaliam algumas lideranças que observam o comportamento político da cidade.


eu vou repetir: eu estou prefeito, eu não sou prefeito para a vida inteira e sei que isso é passageiro e tenho consciência"- Carlos Sirena

Agora, Sirena está à frente da gestão pública com a missão de administrar o município e pede a população e aos vereadores que é preciso união por Juara, para vencer os problemas aceitando os "remédios amargos", pois não há outra saída. "Medidas de contenção de gastos são amargas, mas necessárias pelo bem do município", pontua Carlos Sirena.

O enxugamento de secretarias com demissão de pessoas faz parte de um plano de ação rigoroso, que a prefeitura de Juara está executando para poder diminuir o déficit orçamentário. "Isso não é agradável para ninguém, muito menos para mim e eu vou repetir: eu estou prefeito, eu não sou prefeito para a vida inteira e sei que isso é passageiro e tenho consciência", disse.

"Não tenho vaidade alguma, porque eu sei que isso vai passar e isso é tudo que nós queremos", disse Carlos Sirena sobre os reflexos dessas medidas de contenção de gastos impopulares.                                                                


Atitudes precisam ser tomadas, mesmo sabendo não vão resolver,  mas vão ajudar" - Carlos Sirena

"Quando o poder público fica em débito ele perde o crédito e não consegue mais comprar e nós precisamos resgatar esse crédito pagando a quem devemos", explicou.

No caso da saúde, que é o mais grave, a falta de compra de medicamentos por falta de crédito, mas também por falta de repasses que a prefeitura deveria ter recebido do governo e não recebeu, "tomamos atitude de fazer contenção de gastos com demissão de pessoas e a única secretaria que eu mexi foi a de saúde.  Em momento nenhum foi demitido médicos, em momento nenhum foi demitido enfermeiros e a estrutura foi mantida em prol do bom atendimento e o que mudou foi a questão administrativa, porque entendemos naquele momento, que era necessárias essas mudanças.

"Atitudes precisam ser tomadas, mesmo sabendo não vai resolver, mas vão ajudar", justificou.

Economia

Assim que Carlos Sirena assumiu, renegociou com fornecedores e realizou algumas demissões, que resultaram numa economia de 600 mil reais e agora, com a unificação de secretarias, mais 50 mil ao mês entre outras medidas, que estão sendo tomadas para enxugar a máquina pública.

Apesar das explicações, nem todos concordam ou apoiam essas medidas e Carlos tem sido criticado por alguns vereadores.

Por se tratar de poder público, essas ações devem ser planejadas e não de forma atropelada, pois precisamos respeitar a lei, pontuou o gestor. "É muito ruim para o gestor tomar essas decisões, mas não existe nada de pessoal contra as pessoas que estavam no poder público contribuindo e todos foram importantes e merecem ser valorizados. Atitudes como essa geram impopularidade para mim, mas como já disse: eu já não sou político por profissão", resumiu.

Os problemas mais graves serão atacados por ordem de prioridade que Carlos Sirena enumerou:

1º Saúde, 2º Infraestrutura, 3º Educação (que está sendo gasto um percentual acima do que a lei exige), 4º Transporte Escolar, por ser um município grande, 5º Mobilidade Urbana e outros.

"Sem a união e a consciência das pessoas vai ficar difícil mudar para melhor as deficiências do município", concluiu.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo