Juara (MT), 10 de dezembro de 2018 - 21:50

? ºC Juara - MT

Juara

05/07/2018 14:10 Acesse Notícias/Rádio Tucunaré

Sessão Extraordinária que votará relatório da Comissão Processante terá telão e segurança reforçada

Em uma sessão extraordinária que acontecerá às 14h dessa quinta-feira (5) na Câmara Municipal de Vereadores em Juara, será votado o relatório da Comissão Processante que investiga possíveis irregularidades cometidas pela prefeita Luciane Bezerra (PSB). O documento possui setenta páginas e deve ser lido na tarde de hoje.

Após encerrar os trabalhos, os vereadores membros da CP, Marta Dalpiaz (presidente), Leo Boy (relator) e Hélio Castão (secretário), protocolaram na Secretaria Executiva da Câmara Municipal a conclusão dos trabalhos que produziu 19 volumes e cerca de 7 mil páginas do processo.

A Comissão Processante foi votada e provada no mês de abril desse ano, após os promotores de justiça, Osvaldo Moleiro Neto e Roberta Cheregati Sanches, na condição de cidadãos juarenses, pedirem aos vereadores que aprovassem a comissão para investigar possíveis irregularidades cometidas por Luciane Bezerra a frente da gestão municipal de Juara.

De acordo com o vereador João Batista Rissoti, presidente da Câmara Municipal, somente o relatório será lido na tarde desse dia 5 e a sessão extraordinária deve ter duração de seis horas, podendo ser prorrogada.

Para que Luciane Bezerra tenha seu mandato cassado, será necessário que 2/3 dos vereadores, ou seja, 6 votos sejam favoráveis a cassação da prefeita. Se o número for inferior a esse, o processo deverá ser arquivado.

O presidente do Poder Legislativo Municipal solicitou para a população ter bom senso durante a votação. “Vamos respeitar um ao outro, mesmo quem seja a favor ou contra, para podermos fazer uma boa sessão. Isso eu peço para a câmara, para todos os funcionários e toda a população de Juara”.  

Um telão do lado de fora da Câmara Municipal transmitirá a votação, uma vez que o espaço dentro do plenário possui somente 140 lugares para as pessoas assistirem sentadas à votação.

Para isso, a Rua Nelson Taborda Lacerda, onde está situada a Casa de Leis, foi trancada e a polícia militar vai estar no local para reforçar a segurança.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo