Juara (MT), 24 de março de 2019 - 09:09

? ºC Juara - MT

Juara

11/03/2019 17:42 Rádio Tucunaré/Acesse Notícias

Após evento de Comemoração ao Dia Internacional da Mulher Vereadora Ulliane Macarena e amiga foram agredidas

Por ironia do destino, em Juara a Vereadora Ulliane  Macarena, uma das idealizadoras do evento acontecido no dia 8 de Março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, agredida fisicamente em público em frente a uma lanchonete da cidade de Juara.

O acusado é Josimar Abadia Vieira, 37 anos, com passagem pela justiça. 

Após o evento acontecido no Lions Clube de Juara, onde a Vereadora participou como uma das organizadoras, onde teve como tema principal a violência contra as mulheres, ela foi para uma lanchonete ao lado da Igreja Católica para se divertir, juntamente com amiga Bianca Aparecida Neuman e  pessoas de sua família. 

Por volta da 1 hora e 52 minutos da madrugada, Josimar iniciou uma discussão com a amiga Bianca, a segunda vítima, e partiu para agressão física contra ela, momento em que a Vereadora chamou a amiga para que saíssem do local.

De acordo com os relatos do BO. , do lado de fora da lanchonete, o acusado atirou uma garrafa contra o carro da vereadora e ao ver que não era ela que dirigia o veículo, pois havia trocado de carro com a amiga, ele se dirigiu ao carro em que estava Ulliane, avançou no interior do mesmo, abrindo a porta a força e como ela não pode sair do local, o elemento também tentou “estrangular” a mesma, apertando seu pescoço com as mãos.

Ambas as vítimas fizeram exames de corpo de delito e lavraram o Boletim de Ocorrências  e representaram contra o mesmo. A audiência está marcada para o dia 24 de Abril. 

A Vereadora não hesitou em registrar queixa na Polícia Militar para tornar publico a violência que sofreu e assim, encorajar as demais mulheres para que nãos e submetam a nenhum  tipo de agressão. 

Para a Rádio Tucunaré e site Acesse Noticias a Vereadora Ulliane Macarena relatou que, após o evento onde foi falado sobre feminicídio e agressão contra mulher inclusive com caminhadas contra a violência física e psicológica no ano anterior, no momento em que sofreu agressão ela já havia levado a família para casa, um rapaz a agrediu fisicamente quando ela estava dentro do carro tentando sair do local com a amiga. 

Exemplo a ser seguido 

A vereadora disse, que o que mais a motivou a dar continuidade na denúncia é a possibilidade de que sirva de exemplo para outras pessoas agredidas tanto física quanto verbalmente, fato que acontece muito contra as mulheres, explicou. 

Ulliane vai acompanhar o processo e as audiências da justiça sobre o caso, mas recado que ela deixa com esse episódio que viveu pessoalmente, é forte: “sintam-se encorajadas a denunciar e fazer o mesmo, pois a violência é crime. Aconteceu comigo”, disse. 

A Vereadora conta ainda, que no dia seguinte o agressor demonstrou vontade de pedir desculpas, mas ela entende que “desculpas não resolve o que ele fez, pois agredir as pessoas e depois pedir desculpas, não vai diminuir ou apagar o que aconteceu”, disse.

Entes de encerrar sua entrevista, a Vereadora Ulliane Macarena revelou: “Em questões de segundos eu consegui entender o medo que uma mulher sente quando é agredida, por quê o que é possível fazer além da agressão pois há em casos que chega ao óbito, onde assassinadas. Eu senti muito medo”, concluiu.

Outro Lado

A reportagem a Rádio Tucunaré não conseguiu contato com o acusado Josimar Abadia até o fechamento dessa matéria, para que o mesmo relatasse a sua versão para as acusações que sofre.

 

 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo