Juara (MT), 20 de novembro de 2017 - 14:59

? ºC Juara - MT

Mundo

31/10/2017 08:28 G1 - Mundo

Paquistanesa casada contra sua vontade envenena o marido e outras 12 pessoas

Uma paquistanesa, vítima de um casamento forçado, foi detida depois de ser acusada de matar 13 pessoas com leite envenenado destinado a seu marido, informou a polícia.

Asiya Bibi, casada contra sua vontade em setembro em Valvati, na província de Punjab (centro), admitiu que colocou o veneno em um copo de leite destinado a seu marido.

O marido, no entanto, não bebeu o leite e passou o líquido para uma jarra com lassi, uma popular bebida à base de iogurte. Vinte e sete pessoas se serviram da jarra e 13 não resistiram, incluindo o marido. As outras 14 pessoas foram hospitalizadas, de acordo com Ahmad.

O chefe de polícia da região, Owais Ahmad, afirmou que, além Asiya Bibi, um homem e a tia dela também foram presos. Eles foram acusados de assassinato.

Segundo a polícia, o homem detido é o suposto amante de Asiya Bibi e a tia foi a mentora do assassinato.

Os casamentos forçados, em particular de menores de idade, são comuns no Paquistão, principalmente nas províncias pobres e rurais do país, onde centenas de mulheres são vítimas a cada ano de assassinatos pela honra.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo