Juara (MT), 23 de junho de 2017 - 23:57

? ºC Juara - MT

Policia

04/05/2017 10:59 Acesse Notícias

Juara: Delegado confirma identificação de ladrões mortos em confronto com a PM

Por volta das 19:00h de segunda-feira (1), os policiais receberam um comunicado dizendo que um casal foi assaltado por dois indivíduos que os amarraram e fizeram ameaças com armas de fogo. Os dois assaltantes roubaram um caminhão Mercedes de cor azul e uma Pá Carregadeira da empresa em que o casal trabalhava.

O delegado da Polícia Civil, Carlos Henrique Engelmann narrou em primeira mão para a equipe de reportagem da Rádio Tucunaré e site Acesse Noticias que após serem acionados tanto os policiais civis como os militares saíram em diligencias no intuito de localizar os suspeitos.

As policias civil e militar trabalharam de forma integrada e montaram barreiras nas diversas saídas do município de Juara. O delegado informou que policiais de cidades vizinhas foram acionados para reforçar nos trabalhos.

“Por volta das 22 horas do mesmo dia do crime, começou a circular informações através do aplicativo WhatSapp de que alguém teria visto os bens roubados em locomoção próximo ao distrito de Novo Paraná (25)”. Explicou.

O delegado comentou para nossa equipe de reportagem que dois policiais faziam a barreira na divisa entre os municípios de Porto dos Gaúchos e Tabaporã na rodovia MT-220 e eles localizaram um carro Toyota Corolla de cor prata. Segundo informações, o automóvel estava abandonado e com as chaves na ignição.

"... Para nos policiais é uma vitória nesse instante de entregar os bens para as vítimas!" - Delegado Carlos Henrique 

Após seguir o caminho do veículo, os policiais localizaram o caminhão e a pá carregadeira que haviam sido roubados, ambos estavam abandonados na rodovia. Em seguida, os soldados se deslocaram até o distrito de Novo Paraná para acionar as outras viaturas.

“Quando as viaturas se dirigiram para o local, foi constatado que o caminhão estava quebrado e dois indivíduos que se encontravam ali sacaram suas armas de fogo e atiraram contra as guarnições policiais”. Justificou.

Diante da situação, os policiais revidaram no intuito de se defenderem e acabaram atingido os dois suspeitos. Também foram apreendidas duas armas de fogo do tipo revolver, um de calibre 22 e outro de 28.

Segundo Carlos Henrique, os suspeitos estavam vivos quando foram colocados na viatura policial que se deslocou para o município de Porto dos Gaúchos para prestar os devidos cuidados médicos. O delegado informou que a viatura policial apresentou um problema técnico e ao olhar para os suspeitos, foi constatado que ambos se encontravam sem vida.

Os corpos foram trazidos até o município de Juara para reconhecimento e em seguida foram encaminhados ao IML de Juína para ser feito exames de necropsia.

Quando estavam no local, os policiais escuram passos na mata, onde surgiu a hipótese de ser mais um envolvido no crime. O delegado repassou informações não oficiais de que uma motocicleta foi tomada de roubo no trevo de Tabaporã o que induz que o terceiro indivíduo pegou a moto para sua locomoção.

De posse das informações, objetivos e documentos, os investigadores da polícia judiciária civil de Juara estão trabalhando para desvendar o crime.

Os bens recuperados serão devolvidos para o proprietário. “Essa é a maior satisfação de todo o policial: conseguir restituir para a vítima o bem que lhe foi tomado, que nesse caso aconteceu a mão armada e as vítimas foram amarradas. Para nos policiais é uma vitória nesse instante de entregar os bens para as vítimas!”. Comemorou.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo