Juara (MT), 14 de novembro de 2018 - 13:04

? ºC Juara - MT

Policia

19/06/2018 18:26 Acesse Notícias/Rádio Tucunaré

Delegado confirma sequestro de pecuarista em Juara e prende mulher em flagrante

Na manhã dessa terça-feira, 19, várias mensagens circulavam pelas redes sociais dizendo que o pecuarista João Bertoco tinha sido sequestrado em um lava jato localizado no centro de Juara. Diante dos fatos, uma mulher foi presa em flagrante acusada de ter sequestrado a vítima e os outros supostos envolvidos, sendo dois homens, continuam foragidos.

Falando com exclusividade a essa reportagem, o tenente coronel Fernando Shulz, comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar em Juara, revelou que PM foi acionada através da esposa da vítima que relatou o suposto sequestro aos policiais. De acordo com Maria, João Bertoco foi levado em uma caminhonete Toyota Hilux de cor Branca.

João Bertoco foi localizado nas proximidades da Unemat, em Juara, por volta das 10h dessa terça-feira (19).  Segundo informações repassadas para a rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, a vítima estava dentro de um Fiat Uno que era conduzido pala filha do acusado Paulo Justino de Almeida, popular Paulo Coragem.

Em entrevista exclusiva a esta reportagem, Poliane Justino de Almeida, filho do acusado Paulo Coragem, justificou que não houve sequestro e que seu pai estava apenas conversando com João Bertoco para conversar a respeito de uma dívida existente há mais de 5 anos.

Como apurado, a causa de todo esse imbróglio é esta dívida envolvendo as partes.

“Assim que as forças policiais tomaram conhecimento desse sequestro, houve o contato de policiais civis com pessoas ligadas aos autores do ilícito, foi dito a essa pessoa que a polícia já estava sabendo do que teria acontecido e quem seriam os autores dos ilícitos”, narrou o delegado Carlos Henrique Engelmann para repórteres, na tarde desse dia 19.

De acordo com o delegado, a vítima só foi colocada em liberdade após ter ocorrido um diálogo entre policiais civis e uma pessoa ligada aos supostos sequestradores.

“Nós entendemos que se a polícia não tivesse entrado em cena e rapidamente mantido um contato com pessoas ligadas a eles [sequestradores], talvez até o presente momento a vítima não tivesse sido localizada ou um mal maior pudesse ter acontecido a ela”, frisou Carlos Henrique.

Por meio do exame de corpo de delito, foi constatado que de fato, João Bertoco foi agredido fisicamente e moralmente pelos acusados. Embora esteja muito assustado com o ocorrido, seu estado de saúde é estável.

Mulher presa

Com relação à acusada que foi presa em flagrante por envolvimento no sequestro, o delegado da polícia civil informou que o juiz da 3ª Vara Criminal de Juara, Pedro Flory, foi acionado para ouvi-la.

Diante dos fatos, a polícia judiciária civil continuará investigando o caso.  

Leita também:

Polícia Militar de Juara confirma sequestro do pecuarista João Bertoco

Filha nega que pai tenha sequestrado pecuarista João Bertoco

Assista o vídeo da entrevista com o delegado Carlos Henrique: 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo