Juara (MT), 23 de setembro de 2018 - 19:47

? ºC Juara - MT

Policia

04/07/2018 09:35 Acesse Notícias/Rádio Tucunaré

Polícia Civil de Juara prende padrasto que abusava de enteada desde os 7 anos de idade

Mais um caso de estupro de vulnerável foi registrado em Juara. Dessa vez, o padrasto abusava de sua enteada desde quando ela tinha sete anos de idade, porém, somente agora quando a vítima tem 15 anos de idade é que a denúncia foi feita para a delegacia judiciária civil.

Em entrevista para a reportagem da rádio Tucunaré e o site Acesse Notícias, o chefe de investigação da polícia civil, Francisco Milhomen, revelou que o estuprador confessou o crime e foi identificado como vulgo Buiu que trabalha como funileiro em Juara. Esse foi o primeiro crime registrado pelo acusado.

A denúncia foi feita pelo Conselho Tutelar na tarde de terça-feira (3) quando os conselheiros levaram a vítima acompanhada de sua mãe até a delegacia da polícia civil. O mandado de prisão foi espedido pelo juiz da 3ª Vara Criminal de Juara ainda na tarde de ontem

A equipe de reportagem da rádio Tucunaré e o site Acesse Notícias perguntou ao chefe de investigação o porquê da adolescente ter demorado tanto tempo para denunciar o caso. De acordo com Chiquinho, o motivo é que a menina tinha medo de ser morta e que sua mãe fosse assassinada pelo estuprador.

Buiu justificou que chegava bêbado em casa e a noite sua mulher trabalhava e nesse momento, abusava da vítima. “Mas é desculpinha de todo mundo. Todo mundo coloca a culpa na cachaça, mas não é não. Hoje graças a Deus a justiça foi feita e ele se encontra preso na cadeia pública de Juara onde permanecerá por um bom tempo”, disse Francisco Milhomen.

O chefe de investigação garantiu que todas as pessoas que fizerem as denúncias terão a segurança necessária para manter sua integridade.  “As pessoas sofrem esses abusos e tem medo de denunciar. Ai eu venho aqui para alertar vocês a denunciarem esses abusos. Se a mãe suspeitar que a filha está sendo abusada, tem que saber conversar , tem que denunciar na polícia militar, no conselho tutelar, na polícia civil, para tomarmos as providencias cabíveis”, solicitou.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo