Juara (MT), 26 de setembro de 2018 - 09:12

? ºC Juara - MT

Policia

04/09/2018 08:11 Midia News

Empresa alvo do MPE recebeu R$ 42,9 mi do Governo em 3 anos

20/20 Serviços Médicos é responsável pelo atendimento oftalmológico na Caravana da Transformação

A empresa 20/20 Serviços Médicos, de Ribeirão Preto (SP), recebeu R$ 42,9 milhões do Governo de Mato Grosso entre os anos de 2016 e 2018.A empresa 20/20 Serviços Médicos, de Ribeirão Preto (SP), recebeu R$ 42,9 milhões do Governo de Mato Grosso entre os anos de 2016 e 2018.
 
Os dados constam em levantamento feito pelo MidiaNews nos registros do Fiplan (Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças), do Governo do Estado.
 
A empresa, que tem como proprietário o empresário Fábio Vieira da Silva, foi alvo de busca e apreensão durante a Operação Catarata, do Ministério Público Estadual (MPE), deflagrada na manhã desta segunda-feira (3).
 
O objetivo da operação, segundo o MPE, é apurar “fatos graves" na execução do contrato assinado entre Executivo Estadual e a 20/20 Serviços Médicos.
 
A empresa é responsável pelos serviços de oftalmologia da Caravana da Transformação, o programa social do Governo que leva serviços a cidades do interior.
 
A juíza Célia Vidotti, que determinou os mandados, suspendeu o contrato e o pagamento de quaisquer valores à empresa. 
 
No ano de 2016, conforme o Fiplan, o Governo empenhou R$ 5,8 milhões para empresa, mas pagou R$ 5,4 milhões.
 
Já em 2017, os valores recebidos foram ainda maiores. No total, foram empenhado R$ 25,2 milhões e pagos R$ 23,2 milhões.
 
Em 2018, o Governo empenhou 18,8 milhões e pagou R$ 14,2 milhões.
 
O último pagamento neste ano ocorreu no mês de maio, no valor de R$ 4,2 milhões.
 
A operação 
 
Agentes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Mato Grosso e de São Paulo cumpriramm mandados de busca de apreensão na Secretaria de Estado de Saúde e na empresa, localizada em Ribeirão Preto. 
 
Os mandados de busca e apreensão foram deferidos pela juíza Célia Vidotti em ação cautelar proposta pelo Ministério Público Estadual.
 
A magistrada também acatou o pedido do MPE e determinou a suspensão do contrato e o pagamento de quaisquer valores à empresa responsável pelos serviços de oftalmologia.
 
Foi decretada ainda a indisponibilidade de bens de Luiz Soares, e do proprietário da empresa.
 
Na tarde desta segunda-feira, o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público colherá depoimentos de pessoas envolvidas no caso.
 
O oficial de Justiça esteve na manhã desta segunda-feira (03) notificando a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) sobre a decisão da suspensão do contrato.
 
"Caravana"
 
A Caravana da Transformação é um programa implantado pelo Governo de Mato Grosso em 2016 e tem como um dos principais objetivos zerar as filas de cirurgias oftalmológicas em todo o Estado.
 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo