Juara (MT), 13 de dezembro de 2018 - 17:20

? ºC Juara - MT

Policia

08/11/2018 08:02 Sonoticias

Piloto de avião que caiu e ficou 3 dias na mata está em hospital no Nortão; vídeo

A direção do Hospital Regional de Peixoto de Azevedo (197 km de Sinop) confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que Maicon Semencio Esteves, de 27 anos, está internado na unidade passando por exames e avaliações médicas. Ainda não foi confirmado se ele teve alguma fratura. Ele está consciente, fora de perigo,  conversando e pode ficar cerca de 6 dias hospitalizado.

Maico falou, rapidamente, por telefone com familiares que estão no Paraná para tranquilizá-los. O pai de Maicon, Martinho Esteves, foi informado por um fazendeiro que o filho foi encontrado. Ele disse à RPC Londrina que houve muita comemoração com a ótima notícia. “ Todo mundo parou, todo mundo gritou, todo mundo aplaudiu, a minha casa virou um formigueiro de gente, os meus amigos, apareceu gente de tudo que é lado”, relatou.

Conforme Só Notícias informou em primeira mão, Maicon foi encontrado hoje, no início da tarde, após ficar três dias e meio na floresta, no distrito de União do Norte a cerca de  200 quilômetros de Peixoto de Azevedo onde o avião agrícola que pilotava caiu. De acordo com o gerente da propriedade, Cláudio Favoreto, ele estava deitado às margens de um rio (cerca de 1,5 km mata dentro), debilitado, com algumas queimaduras no braço e no rosto devido ao fogo que destruiu praticamente todo o avião. Foi feita uma maca improvisada e retirado da mata, por diversos voluntários (funcionários da fazenda) que participaram das buscas e soldados dos bombeiros e policiais militares. Ao saírem da mata, foi em uma caminhonete até a sede da fazenda e, de lá, em ambulância até União do Norte e no final da tarde chegou ao hospital de Peixoto.

Na segunda-feira, Favoreto contou que viu o avião perdendo altitude e caindo na mata, fez as primeiras buscas, ainda no sábado, com funcionários. Desde domingo, as equipes passaram a andar em vários pontos na mata. Eles se dividiram, soltaram rojões a cada 20 minutos para que Maicon pudesse ouvir, identificar e saísse da floresta que é muito extensa e fechada. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso chegou a ser acionado para auxiliar nas buscas, mas não foi possível já que o helicóptero segue em manutenção.

O comandante regional da Polícia Militar, tenente-coronel, Gildázio Alves, disse, ao Só Notícias, que Maicon andou ao menos 2,4 quilômetros do ponto onde o avião caiu. “Nossa diligência estava focada mais próxima da aeronave, mas hoje resolvemos fazer uma abrangência maior e tivemos resultado positivo. Preliminarmente as queimaduras foram causadas pelo fogo do avião. Ele não contou nada ainda sobre o acidente, mas está bem”.

A versão investigada é que Maicon decolou com o avião de Porto Nacional (TO) e seguiria até Alta Floresta. Ele iria fazer duas paradas para abastecer em Confresa e, depois, seria em Matupá. Após isso, seguiria a Alta Floresta, mas acabou caindo com a aeronave na região de Peixoto.

Maicon reside em Primeiro de Maio, no Paraná (455 km de Curitiba) e está noivo dede de julho de Rebeca Razzaboni Freitas. Ela é enfermeira em um hospital em Londrina (PR) e está grávida de 4 meses de uma menina que deve se chamar Bianca.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo