Juara (MT), 16 de junho de 2019 - 11:19

? ºC Juara - MT

Policia

06/04/2019 06:30 Acesse Notícias

Promotora de Justiça de Juara denuncia personal trainer acusado de agredir namorada e atirar em direção a Polícia

O jovem Eder Rony Silva Lima, de 24 anos que trabalhava como personal trainer em uma academia de Juara continua preso na cadeia pública de Juara depois de ter pedido de liberdade provisória negado na Comarca de Juara e um habeas corpos negado no Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Ele foi denunciado no Ministério Público pela promotora de Justiça de Juara, Dra. Roberta Cheregati Sanches pelos crimes de dolo eventual, violência domestica, resistência a autoridade, posse ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

O crime ocorreu no dia 09 de fevereiro de 2019, quando o jovem teria se desentendido com a namorada e em seguida agrediu, momento em que ela conseguiu fugir das agressões. No momento seguinte, o acusado de posse de uma pistola 380 teria efetuado tiros na residência, e assim que os policiais chegaram no local  também foram recebidos a tiros, e ele somente momentos depois de muitas negociações, ele decidiu se entregar a polícia Militar e foi encaminhado a Polícia Judiciária Civil onde prestou depoimentos e confessou o ato.

Diante dos fatos, a promotora de Justiça classificou a causa como criminal e disse que já houve duas audiências na primeira fase do processo, onde ela ofereceu aditamento a denuncia incluindo o crime de tentativa de homicídio contra os policiais pelo motivo do jovem ter efetuado diversos disparos de arma de fogo em direção aos policiais.

O acusado poderá ir a júri popular se a justiça assim entender após todas as analises dos crimes que tiveram diversas circunstancias conforme explicou a promotora.

 

 

 


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo