Juara (MT), 23 de agosto de 2019 - 10:22

? ºC Juara - MT

Policia

10/08/2019 06:08 midia news

Homem sofre acidente na Serra, avisa a esposa e desaparece

O várzea-grandense João Batista Rodrigues da Siva, de 55 anos, desapareceu após sofrer um acidente na Serra de São Vicente, na BR-364, na última terça-feira (6). O homem teria pegado uma carona no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e, desde então, não foi mais visto.

Em entrevista ao MidiaNews, a esposa de João, Aparecida Bolognesi, de 62 anos, disse que o marido saiu durante a noite de casa, no Bairro Parque do Lago, para ir visitar a mãe em Rondonópolis (a 220 km de Cuiabá).

Ela disse que ainda o alertou a respeito de dirigir na estrada durante a noite, no entanto, João disse que não haveria perigo e seguiu com a viagem.

Por volta das 20h, a mulher recebeu um telefonema do marido contando que havia tombado com o carro dele, um Renault Logan de cor prata, na Serra de São Vicente.

“Ele me ligou contando que estava passando pela Serra, que tombou, caiu numa ribanceira e não estava conseguindo sair do carro”, disse.

Aparecida ligou para a concessionária Rota do Oeste, que administra a rodovia, e comunicou sobre o acidente. Segundo ela, uma equipe de resgate foi enviada ao local, mas a princípio não encontraram nenhum acidente na região.

Porém, após ela contar a respeito da queda em uma curva conhecida como ‘'Curva do S'’, a equipe desceu o precipício e encontrou João e o carro. Consciente, o homem recusou atendimento da Rota, e foi deixado aos cuidados da PRF.

De acordo com ela, o último contato com o esposo foi o telefonema recebido e, desde então, o celular dele está desligado.

Aparecida também disse que avisou um amigo do casal, que mora em Rondonópolis, e ele foi até o local para ajudar João Batista, mas não o encontrou.

“Esse amigo foi até o posto da PRF, onde o policial que estava de plantão falou que ele estava lá, mas que havia dito que pegaria uma carona até Cuiabá e de lá ia pegar um Uber [aplicativo de corrida] e ir para casa”, contou.

A mulher teme que o esposo tenha se machucado internamente ou que alguém tenha feito algo.

“Eu vi o carro e têm marcas de sangue. Ele levou muita pancada e o pessoal da Rota diz que ele recusou atendimento. A gente pede que, se alguém o ver, nos avise, porque nós ligamos nos hospitais e até agora não tivemos notícias”, afirmou.

Quem tiver alguma informação a respeito sobre o paradeiro de João pode entrar em contato por meio dos números (65) 99642-5336 e 99238-5875 e falar com Aparecida, ou ligar na Polícia Civil (65) 3901-4823.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo