Juara (MT), 19 de outubro de 2019 - 15:49

? ºC Juara - MT

Policia

03/10/2019 07:38 G1-MT

Jovem é detido suspeito de estuprar e matar jornalista em Cuiabá

Um jovem foi detido na noite dessa terça-feira (1º) suspeito de matar o jornalista Marcelo Leite Ferraz, de 38 anos, que foi encontrado morto em um terreno baldio, no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. Jonh Lennon da Silva, de 21 anos, também teria violentado sexualmente a vítima. O suspeito negou o crime.

De acordo com as investigações da Polícia Civil e informações da Polícia Militar, Marcelo foi até o local para comprar droga. A porção da droga custava R$ 3. Ele não teria levado dinheiro e foi assassinado a pedradas pelos traficantes, sendo que um deles o suspeito.

Jonh Lennon foi detido no Bairro Baú.

Os policiais identificaram o suspeito depois que receberam informações de testemunhas. Essas pessoas teriam ouvido Jonh Lennon confessar que havia matado o jornalista.

Às testemunhas, o suspeito comentou que Marcelo pediu uma porção de pasta base, no valor de R$ 3, mas não tinha dinheiro para pagar. Os traficantes perceberam que ele não tinha dinheiro e estava apenas com um cartão no bolso.

O jornalista acabou morto a pedradas pelo suspeito e o corpo dele foi encontrado na segunda-feira (30). O exame de necrópsia apontou que Marcelo morreu por traumatismo craniano.

Ainda conforme a PM, o suspeito foi encontrado na região do Bairro Baú e resistiu à abordagem. Ele já é conhecido por flanelinhas e moradores de rua. Jonh Lennon tem antecedentes criminais por tráfico de drogas, roubo e tentativa de homicídio.

Considerado agressivo e violento, o suspeito negou participação no assassinato do jornalista e ameaçou as pessoas que o denunciaram.

Ele foi levado à Central de Flagrantes e, posteriormente, à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O suspeito será ouvido pela Polícia Civil.

O caso

O pai de Marcelo disse à polícia que o filho saiu de casa na noite de sábado (28) para se encontrar com amigos e não voltou.

Segundo o pai da vítima, os amigos informaram que o filho não apareceu no local onde iriam se encontrar no sábado. A família havia registrado um boletim de ocorrência por desaparecimento na DHPP na segunda-feira.

De acordo com a polícia, havia sinais de violência no corpo. Marcelo, além de jornalista, era escritor e se formou em direito em agosto deste ano.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo