Juara (MT), 19 de setembro de 2018 - 20:26

? ºC Juara - MT

Saúde

23/03/2018 10:38 Acesse Notícias

Médico do Hospital São Lucas alerta sobre importância dos exames preventivos para a prática de atividades físicas intensas

Muitas pessoas querem iniciar uma atividade física, mas em não fazem as consultas para se saber se tem algum problema de saúde. O médico Dr. Francisco de Assis Domingues, do Hospital e Maternidade São Lucas, concedeu entrevista para a reportagem da rádio Tucunaré e site Acesse Notícias e falou sobre quais os cuidados a serem tomados para evitar complicações.

Ele afirmou que é sempre perigoso iniciar uma prática esportiva quando a pessoa não conhece o seu organismo. “O atleta que pretende fazer uma atividade física de grande esforço ou qualquer outro que exige muito do físico, é necessário primeiro conhecer o organismo e ver se na família alguém tem problema de coração”, orienta.

Depois de fazer os exames e verificar que não tem nenhum problema de iniciar uma prática esportiva, o médico aconselha a pessoa saber quais são seus limites para evitar problemas de saúde e até vir a óbito.

“O importante é fazer um histórico da vida dele, da família, se alguém teve problema de coração, pressão. Se ele tem uma atividade gradual e se sente bem, não a necessidade de passar pelo médico”, pontua.

Nos casos em que a pessoa é fumante, diabético, obeso, sedentário e começa a fazer uma atividade, Dr. Francisco sugere que é preciso começar de vagar até adquirir as condições físicas para praticar uma atividade um pouco mais extensa.

Para saber se possui algum problema de saúde, o ideal é procurar um profissional da saúde e fazer a devida avaliação e assim saber se pode realizar alguma prática esportiva sem ter nenhuma complicação. “A atividade física tem que ser constante e progressiva. Numa progressão que a frequência cardíaca nunca passe de 170, porque está evitando de acontecer um prolapso, um colapso cárdio respiratório”, disse.

Sobre as pessoas que praticam atividade física somente uma vez por semana, a exemplo do futebol com os amigos, essas não estão livres de ter alguma complicação na saúde, de acordo com o médico. Em sua experiência profissional, ele disse que a maior parte dos acidentes cárdio-vasculares ou derrames, ou infarto, acontecem nos chamados ‘atletas de final de semana’, que são aqueles sem preparo físico, não faz alongamentos e nem uma aeróbica preparatória, o que aumenta a possibilidade de ter um infarto, por exemplo.

A frequência ideal para a prática de atividades físicas é aquela que sabe respeitar os limites do seu corpo. O recomendado, no caso de quem leva uma vida sedentária e quer começar a se exercitar, é que essa frequência seja, inicialmente, moderada, intercalando intervalos de descanso maiores com atividades físicas mais leves.

O ideal é a prática de pequenos circuitos de atividades físicas, com duração de 20 minutos, duas vezes na semana. Esses circuitos não demandam equipamentos específicos nem um espaço reservado na academia, já que podem ser realizados em qualquer lugar e com o peso do próprio corpo.

Outro fator importante a ser considerado para se ter uma qualidade de vida melhor é manter uma alimentação saudável.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo