Juara (MT), 12 de dezembro de 2018 - 14:23

? ºC Juara - MT

Saúde

16/05/2018 14:29 Acesse Notícias/Rádio Tucunaré

Vacinação contra H1N1 atinge 48% dos grupos prioritários em Juara

Aconteceu no sábado, 12, em todos os PSFs dos bairros de Juara e no PAM, o dia D para a vacinação contra a gripe H1N1. Essa etapa conforme estabelece o Ministério da Saúde (MS), a vacina deve ser feita somente aos grupos prioritários que são: crianças (6 meses a menores de 5 anos), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas/condições clínicas especiais, professores de escolas públicas e privadas e funcionários do sistema prisional.

“Nós esperávamos que tivessem vindo mais pessoas, vieram pessoas, porém nós não conseguimos alcançar nossa meta ainda”, lamentou a enfermeira do PAM, Marlene Barbosa.

A campanha de vacinação foi iniciada no dia 23 de abril em Juara e a meta estabelece que sejam vacinadas 7.326 pessoas que se caracterizam dentro do grupo prioritário. Nesse número final, a enfermeira revelou em entrevista para a rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, que até o momento foram vacinadas aproximadamente 3.477 pessoas, totalizando 48% do público alvo.

De acordo com os dados da Secretaria de Saúde, a meta de imunização do município é de:

- Crianças de 6meses a menores de 5 anos – 2.316 crianças (47% vacinados até o momento);

- Trabalhadores da saúde – 569 (69% vacinados até o momento);

- Gestantes – 365 (78,63% vacinados até o momento);

- (Puérperas até 45 dias após o parto) – 60 (63% vacinados até o momento);

- Idosos - 2.536 (65% vacinados até o momento);

- Professores – 348 (56% vacinados até o momento).

O percentual para o grupo de Portadores de doenças crônicas/ condições clínicas especiais, que possuem 865 pessoas, não foi divulgado a nossa equipe de reportagem.

“Nós pretendemos alcançar, no mínimo 90% da cobertura dessa meta, totalizando 7.326 pessoas a serem vacinadas”, comenta.

Marlene pontuou que as pessoas que estão se dirigindo ao PAM, estão recebendo orientações adequadas passadas pelos profissionais da saúde referente às notas técnicas e normas que são estabelecidas e repassadas a eles através do MS.

A enfermeira frisou que os profissionais da saúde irão respeitar a nota técnica que vem preconizada pelo Ministério da Saúde que estabelece a prevenção somente dos grupos prioritários. “Se caso ele (MS) nos informar perante outra nota técnica que é para liberar para a população geral, após isso, nós liberaremos e divulgaremos”, disse.

Conforme exige governo federal, a meta deve ser atingida até o dia 1º de junho. De acordo com a enfermeira, o Ministério da Saúde nos últimos anos vem prorrogando o prazo.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo