Juara (MT), 24 de abril de 2019 - 16:14

? ºC Juara - MT

Saúde

04/04/2019 09:30 Midia News

Médicos denunciam falta de luvas e gazes para cirurgias no PS

Médicos que atuam no Centro Cirúrgico do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) denunciaram, nesta quarta-feira (03), a falta de insumos básicos considerados indispensáveis para a realização de cirurgias.Médicos que atuam no Centro Cirúrgico do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) denunciaram, nesta quarta-feira (03), a falta de insumos básicos considerados indispensáveis para a realização de cirurgias.
 
A denúncia foi feita ao Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed-MT). Segundo os médicos, entre os materiais que acabaram estão luvas, caixas de sutura e dissecação e compressas.
 
Os materiais são considerados imprescindíveis especialmente para a realização de procedimentos cirúrgicos de grande porte e com alto potencial de sangramento.
 
De acordo com os médicos, no momento estariam sendo utilizados “pom-pons” para os casos menos graves. Porém, este material também já estaria acabando e não substitui de maneira eficaz as compressas estéreis, que conforme os profissionais possuem baixo custo e podem ser compradas em caráter emergencial pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).     
 
Além disso, dois equipamentos do Centro Cirúrgico, denominados "eletrocautérios", não estariam funcionando adequadamente, segundo relatos dos profissionais.
 
Diante disso, os médicos-cirurgiões pedem à direção do Pronto-Socorro a transferência dos pacientes à outras unidades. No entanto, hospital mais próximo, a Santa Casa de Misericórdia, está fechada há cerca de duas semanas.
 
"A ineficiência do atual gestor tem transformado situações como esta cada vez mais em uma rotina. Só que nós não podemos e não vamos nos calar diante disso. É triste a constatação, mas o dinheiro que falta para uma simples luva, sobra para a corrupção”, criticou Adeildo Lucena, diretor de comunicação do Sindimed-MT.
 
Outro lado
 
Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde alegou que tão logo foi informada sobre o problema, passou a tomar as providências necessárias para o reabastecimento e, ainda hoje, o hospital receberá os insumos solicitados.
 
Confira a íntegra da nota:
 
"Em relação às denúncias relacionadas ao Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC), a Secretaria Municipal de Saúde informa que:
 
- A Secretaria Municipal de Saúde, tão logo recebeu a comunicação do Pronto Socorro sobre a falta de insumos começou a tomar as providências para atender a solicitação da unidade. Hoje mesmo o Pronto Socorro receberá os insumos solicitados;
 
- A falta de insumos ocorreu devido à grande quantidade de pacientes que o Pronto Socorro recebeu com o fechamento da Santa Casa (que os atendia com leitos de retaguarda), pois atrapalhou o planejamento do hospital, que também absorve toda a demanda do interior, que representa 60% de todos os pacientes que estão no Pronto Socorro".


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo