Juara (MT), 19 de janeiro de 2019 - 05:12

? ºC Juara - MT

Variedades

08/01/2019 08:19 REVISTA GALILEU

"Mulher mais velha do mundo" mentiu sobre sua idade

Conhecida como a mulher que viveu por mais tempo no planeta, Jeanne Calment está sendo acusada de fraude. Após sua morte, em 1997, quando a francesa afirmava ter 122 anos, foram encontrados indícios de que a verdadeira Jeanne Calment morreu em 1934, aos 59 anos.Conhecida como a mulher que viveu por mais tempo no planeta, Jeanne Calment está sendo acusada de fraude. Após sua morte, em 1997, quando a francesa afirmava ter 122 anos, foram encontrados indícios de que a verdadeira Jeanne Calment morreu em 1934, aos 59 anos.
 
A mulher que ficou famosa ao redor do mundo seria Yvonne Calment, sua filha, que assumiu a identidade da mãe para evitar pagar impostos pela herança.
É o que diz o matemático Nikolay Zak que, em parceria com o gerontologista Valeri Novosselov, realizou um estudo com evidências de que Jeanne não era quem dizia ser. Para isso, eles analisaram dados, biografias, entrevistas, fotos e arquivos de Arles, a cidade do sul da França onde a mulher viveu. Além disso, os pesquisadores entraram em contato com pessoas que a conheceram. De acordo com os cálculos dos pesquisadores, a mulher teria morrido com "apenas" 99 anos de idade. 
De acordo com o National Post, o estudo afirma que Calment parecia ter uma semelhança maior com Yvonne do que com supostas fotos de si mesma quando jovem. Ele cita relatos de testemunhas, incluindo um ex-prefeito de Arles, dizendo que ela parecia mais jovem do que sua idade alegada. 
Zak também percebeu que as entrevistas em que a mulher comentava sobre a sua idade eram repletas de pequenas inconsistências, como confundir o pai com o marido.
Mas o que foi considerado mais grave foi o fato de Calment ter destruído a maioria de seus documentos pessoais em vez de entregá-los ao arquivo local de Arles. Para os pesquisadores, a destruição intencional de fotos e arquivos da família depois de se mudar para uma casa de repouso sugere que ela tinha algo a esconder.
A teoria apresentada pelos russos foi descartada por Jean-Marie Robine, o gerontologista francês que ajudou a validar a idade de Calment nos anos 90. Robine disse que ele e uma colega fizeram questão de perguntar sobre informações que só ela saberia a resposta, como o nome de seu professor de matemática.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo