Juara (MT), 22 de novembro de 2019 - 11:58

? ºC Juara - MT

Variedades

01/11/2019 08:59 O fuxico

Anitta defende Ludmilla contra ataque racista

Existe uma treta e tanto entre Ludmilla e Anitta, por conta da autoria da música Onda Diferente, todos sabemos. Mas a Poderosa surpreendeu, na última quinta-feira (31), ao sair em defesa da ex-amiga.

Vencedora de duas categorias no Prêmio Multishow – música chiclete e cantora do ano – Ludmilla sofreu um ataque racista. Ela foi chamada de macaca ao subir no palco da premiação, na noite de terça-feira (29), e denunciou o ocorrido em suas redes sociais, na quinta (31).

Em seu perfil no Twitter, Anitta deixou as rusgas de lado e enfatizou sua repulsa ao preconceito.

“Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, escreveu.

Ludmilla postou o vídeo no qual é atacada e desabafou.

“Alguém me chama de macaca no vídeo, mas não sabemos quem foi a pessoa exatamente. Cara, até quando isso? Olha, as coisas, pra mim, e eu acho que pra maioria dos brasileiros, nunca foram fáceis. E com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas”.

A cantora continuou.

“A vontade de diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da Justiça ser lenta, aqui as pessoas que praticam racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ela está longe disso. Ainda bem que eu tenho meu Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar”, finalizou.


Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo