baner topo1
Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021

5 conselhos para aliviar as pernas inchadas pelo calor

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Estima-se que mais de dois terços das mulheres com mais de 35 anos sofram de pernas inchadas pelo calor. Isso acontece principalmente no verão, devido às altas temperaturas.

O calor da estação, juntamente com algumas práticas que promovem o inchaço, são a combinação ideal para o aparecimento desse sintoma.

O clima quente causa mudanças no organismo que tentam neutralizar o calor. Essas mudanças fisiológicas, já esperadas nessa época do ano, geralmente causam desconforto. Entre tais mudanças estão incluídas a sudorese, a sensação de sede e a vasodilatação.

Este último mecanismo é o culpado pelas pernas inchadasO corpo dilata os vasos sanguíneos para eliminar o calor exterior e não armazená-lo no interior do organismo. As veias dilatadas são menos elásticas, e fazem com que o sangue circule mais lentamente e se acumule nos membros inferiores devido à gravidade.

As veias são responsáveis ​​por retornar o sangue dos membros para o coração. Quando as alterações que descrevemos ocorrem devido ao calor, o sangue mais lento vai para os tecidos em vez de circular. Como consequência, as pernas incham.

Geralmente, isso não é um problema sério. De qualquer forma, se o sintoma se prolongar no tempo, não tiver relação com o clima quente ou estiver associado a sinais cardíacos e renais, é necessário fazer uma consulta médica para descartar doenças crônicas subjacentes. As doenças cardíacas e renais são perigosas.

Para o inchaço habitual das pernas no verão, apresentamos cinco conselhos que podem proporcionar algum alívio:

1. Exercícios físicos para as pernas inchadas pelo calor

Embora o calor seja um fator que gera fadiga e diminui a vontade de se exercitar, na realidade você precisa enfrentá-lo e se movimentar. Praticar os exercícios certos para os membros inferiores pode ajudar a compensar o acúmulo de líquidos.

Certos movimentos repetitivos das pernas favorecem a drenagem linfática e venosa. Dessa maneira, ajudam que o sangue retorne através do sistema circulatório para o coração. O exercício também aumenta a frequência cardíaca, o que impulsiona o sangue com mais ritmo e velocidade.

Para as pernas inchadas pelo calor, você pode:

  • Fazer agachamentos.
  • Saltar: o movimento dos fluidos corporais é estimulado pelos saltos. Podem ser saltos apenas no solo ou com a ajuda de trampolins ou camas elásticas.
  • Movimentos aquáticos: simular uma corrida dentro da água é um exercício interessante. Também ajuda a refrescar os membros inferiores.
  • Subir escadas: para quem mora em prédios, essa modalidade oferece a possibilidade de ser realizada no dia a dia, evitando o elevador.
Caminhar para melhorar a circulação

Continue lendo: Como melhorar a circulação das pernas durante o isolamento?

2. Hidratação

As pernas inchadas pelo calor respondem ao acúmulo de líquido nos tecidos dos membros inferiores, mas a hidratação não deve ser evitada. Muitas pessoas acreditam erroneamente que, ao beber menos água, evitarão o inchaço ou edema.

Pelo contrário, uma boa ingestão de líquidos durante o dia estimula a produção de urinaQuando o rim trabalha na velocidade que deveria, o sangue também se movimenta mais. Assim, os fluidos deixam seu estado estagnado para retornar ao coração, ou para serem eliminados para o exterior.

A principal recomendação é beber sempre água pura. As bebidas isotônicas podem ser usadas na prática de algum esporte, mas não se deve hidratar com bebidas açucaradas no dia a dia, pois isso pode ser contraproducente para o inchaço das pernas.

3. Elevar as pernas

Uma medida simples, mas eficaz, é elevar os membros inferiores. Agindo contra a gravidade que leva os líquidos para as pernas, a elevação força o sangue a retornar ao coração para continuar circulando.

As pernas podem ser levantadas em diferentes momentos do dia, usando um banco ou uma cadeira para colocá-las para cima. Elas também podem ser levantadas contra uma parede, esticando as costas no chão, em uma posição que não cause dor na lombar.

Se, por motivos de trabalho, for necessário permanecer na mesma posição por um longo período de tempo sem poder se mover, são recomendados pequenos movimentos que estimulem a circulação, como ficar na pontas dos pés.

4. Massagens e banhos frios para pernas inchadas pelo calor

Elevar as pernas

As pernas inchadas pelo calor podem se beneficiar de massagens e de banhos frios. Alguns especialistas recomendam a combinação das massagens com a aromaterapia, para promover relaxamento e acalmar possíveis dores causadas pelo acúmulo de líquidos.

Os banhos com água fria também aliviam a dor. Lembre-se de que a fonte do problema está no calor. Na mesma linha da aromaterapia, recomenda-se a aplicação de compressas de vinagre de maçã para envolver os membros inferiores.

Leia também: Os 6 melhores remédios caseiros para aliviar as pernas inchadas

5. Reduzir o sal da dieta

Reduzir o sal das refeições não é apenas uma medida para pacientes cardíacosO sal é uma substância que está relacionada com os líquidos, e capaz de promover sua retenção. Por esse motivo, seu menor consumo resulta em um menor acúmulo de fluidos.

Nesse caso, não temos que pensar apenas no sal de mesa que é adicionado aos alimentos que preparamosMuitos alimentos processados ​​que compramos vêm com uma alta carga de sódio, devido ao seu processo de fabricação. É essencial ler bem os rótulos para ficar bem informado sobre o assunto.

Fonte: https://melhorcomsaude.com.br/

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️