baner topo1
Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020

Acidentes de trânsito em Juara ocasionaram mais de 90 cirurgias, diz ortopedista

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O numero de cirurgias ocasionadas por acidentes de trânsito em pacientes na cidade de Juara totalizaram 95 entre os meses de maio, junho, julho e agosto.

O médico ortopedista, Dr. Ricardo Almeida do Hospital e Maternidade São Lucas concedeu entrevista a rádio Tucunaré e ressaltou que os números são considerados altos para uma cidade como Juara.

Segundo o médico, foram realizadas 27 cirurgias no mês de maio, 17 em junho, 27 julho e 24 em agosto, o que tem Geraldo gastos públicos de forma preocupantes aos médicos e ao poder público.

A quantidade de pessoas envolvidas com alcoolemia (embriagues) no volante ou em direção de moto tem sido muito grande em Juara levando em conta a quantidade de habitantes que gera em torno de 35 a 40 mil, e se todos respeitassem as leis de transito, a média de cirurgias ortopédicas no hospital seria entre 12 a 13 mensais, mas o numero tem sido praticamente o dobro conforme disse o médico.

O hospital ainda não possui um laboratório para detectar o exame de alcoolemia (embriagues), no entanto o odor é percebido somente pelo ar expelido pelo paciente, fato que ocorre mais precisamente nos finais de semana em Juara, onde de acordo com os dados da unidade medica, a maioria dos pacientes tem idade entre 18 a 40 anos.

Os acidentes são catástrofe e pode levar o paciente a enfrentar uma longa jornada, além do impacto econômico, porque muitas vezes o paciente vítima de acidente de transito fica com lesões ou graves sequelas, o que vai impossibilitá-lo do trabalho, destacou Dr. Ricardo Almeida.

Ele frisa ainda as dificuldades para lidar com essa situação de recuperação do paciente por parte da família que, em grande maioria tem que se desfazer de seus bens para conseguir recurso, e emenda, a questão dos benefícios concedidos a pessoas vítimas de acidentes estão cada vez mais difícil no Instituto de Seguridade Social (INSS).

Ouça na íntegra a entrevista do Dr. Ricardo Almeida  sobre o assunto:

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️