baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020

Acusado de ser mandante da morte é condenado a 15 anos de prisão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Aps quase 10 horas de julgamento, o comerciante Rubens Alves de Lima, de 34 anos, acusado de mandar matar o jornalista Auro Ida, por cimes, foi condenado a 15 anos de priso em regime fechado. Rubens, que ru preso, respondeu por homicdio duplamente qualificado, praticado por motivo ftil. Ele negou por todo o julgamento ter responsabilidade no crime. De acordo com o que consta no processo, Auro e a namorada Bianca Nayara Corra de Souza, ex-mulher de Rubens, estavam dentro do carro do jornalista, estacionado em frente a casa dela, no bairro Jardim Fortaleza, em Cuiab, quando foram abordados por Evair Peres Madeira Arantes, o executor, tambm conhecido como “Baby”. Baby disparou seis tiros contra Auro, que morreu dentro do carro. Pelo crime, j foi condenado a 15 anos e seis meses de recluso, em agosto de 2013. Ele nega ter participao no caso. O executor teria sido contratado por Alessandro Silva da Paz, o intermediador, julgado em dezembro de 2013 e condenado a 16 anos e seis meses de recluso. Rubens o terceiro e ltimo ru deste processo a ser julgado. O jri A primeira testemunha ouvida hoje foi Bianca, que confirmou ter pedido proteo ao MPE porque estava com medo dos bandidos e da famlia do Auro e da famlia, que " rica e perigosa". Bianca relatou que Auro comentou com ela que sofria ameaas por conta das matrias que publicava e contou que o jornalista se relacionava com vrias meninas do bairro. Vnia Soares de Lucena, amiga da vtima, foi a segunda testemunha. Ela contou que alguns dias antes do crime "chegaram" em Auro e disseram que era para ele parar de ir no bairro em que a companheira dele morava”. Mas garantiu que Auro Ida nunca relatou ter sofrido algum tipo de ameaa por conta de seu trabalho de jornalista. A terceira testemunha, Pamela Cristina (ex-namorada de Auro Ida) afirmou que comeou a namorar com a vtima quando tinha 14 anos e que o relacionamento durou 04 anos. Diferente de Vnia, ela disse que Auro Ida contava ser perseguido por conta do trabalho. J no final da tarde desta quinta-feira, a quarta testemunha a depor, Amanda Soares, amiga de Bianca, confirmou que conhece Rubens, por ele ser dono de uma lan house e que ficou sabendo do crime. Sobre Auro, ela disse que ouviu falar sobre os casos dele com as meninas do bairro e que isso teria motivado a execuo. Tambm citou “Baby” como autor dos disparos, mas alertou que apenas ouviu falar sobre isso e no pode confirmar nada. No jri, Amanda contou que ouviu Rubens falar "fica esperto que o Marmota est vindo", ao telefone, se referindo a Auro, e que avisou Bianca sobre o risco que o namorado dela corria. Aps o interrogatrio das testemunhas, as peas processuais foram lidas, para melhor compreenso do crime por parte do jri. O ru prestou um depoimento de cerca de 40 minutos e negou o crime. O ru narrou, no jri, que teve uma relao de quatro anos com Bianca e que brigavam muito. Que no aceitou bem a separao e queria voltar a todo instante. Disse que as meninas do bairro se relacionavam com Auro Ida por dinheiro e com Bianca, segundo ele, foi assim tambm. Sobre o que a amiga de Bianca, Amanda, disse no Jri, se referindo ao “Marmota”, ele tambm negou, afirmando que ela entendeu errado. Ele afirmou que muitas pessoas queriam matar o jornalista por causa das histrias amorosas dele no bairro. Para afirmar inocncia, o ru clamou por Deus e disse que no consegue dormir direito desde que foi preso.

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️