baner topo1
Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

Adolescente que participou de homicídio é apreendido com droga e arma de fogo em Juína

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A segunda-feira, dia 10, foi de grande produtividade e trabalho para a polícia judiciária civil da cidade de Juína, noroeste de Mato Grosso, com a prisão de quatro pessoas e apreensão de quatro armas de fogo que foram tiradas de circulação.

Pela manhã, mãe e filho, de 56 e 31 anos, foram presos em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Quando as equipes policiais entraram na casa, o homem estava com a arma de fogo na cintura, um revólver calibre 38, municiado. Em um guarda-roupa foram localizadas uma garrucha e munições. O suspeito estava em cumprimento de prisão domiciliar e utilizava tornozeleira eletrônica e faz parte de uma facção criminosa, segundo a polícia civil.

No bairro Palmiteira, um casal foi preso em flagrante, um homem de 29 e uma mulher de 24 anos. Na casa, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com numeração suprimida e munições.

Todos os presos foram conduzidos à delegacia de polícia para o flagrante.

Das quatro pessoas presas, mãe e filho recolheram fianças de 4 e 9 salários mínimos e responderão em liberdade.

Já no período da tarde, investigadores apreenderam mais uma arma de fogo no bairro módulo – 4.

O policial civil Dito Costa falou ao site Juína News sobre essa última ocorrência que foi atendida através de uma denúncia anônima informando que na rua Por do Sol no bairro módulo 04, havia um rapaz traficando drogas.

De posse das informações, os policiais saíram em busca do suspeito e o encontraram em um uma rua, sendo feito um acompanhamento, e que ao ser abordado e questionado sobre a comercialização de entorpecentes em sua residência, ele confirmou as informações de que estaria comercializando maconha e mostrou uma balança de precisão e também um revólver calibre 38 que estava em seu guarda-roupas, alegando que fazia uso da arma para sua segurança.

O suspeito é um adolescente, de 17 anos, que teve envolvimento em um homicídio ocorrido em setembro de 2019 no bairro São José Operário, tendo como vítima, Claudio Adão Da Silva, “Negão do funk”, além dele, outros jovens participaram do crime, Adriano Soares dos Santos, de 30 anos, o vulgo “Sonic”, que se encontra preso no Centro de Detenção Provisória de Juína (CDP), e um outro menor.

O adolescente conduzido hoje chegou a ser internado por um período de 45 dias, e nesta segunda-feira foi apreendido por ato infracional análogo ao tráfico de drogas com uma porção grande de maconha, balança de precisão e posse de arma de fogo.

Dito Costa ressaltou que o trabalho da polícia civil é dá uma resposta a sociedade sobre os crimes que vem ocorrendo na cidade e também tirar de circulação arma de fogo, uma vez que somente hoje quatro armas foram apreendidas, e pontuou que as pessoas podem confiar no trabalho da polícia judiciária civil que está trabalhando com ênfase para retirar os marginais das ruas e proporcionar mais segurança aos cidadãos de bem da cidade de Juína.

Fonte: Juinanews

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️