baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 31 de Outubro de 2020

Adriana Araújo se justifica após ser massacrada nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Uma das jornalistas mais importantes da Record, Adriana Araújo, apresentadora titular do Jornal da Record, se envolveu em uma grande polêmica. Tudo começou durante um evento da emissora da Barra Funda que contou com a presença de Márvio Lúcio, comediante conhecido como Carioca, que foi anunciado como novo contratado.

Mas foi uma atitude de Adriana que chamou a atenção enquanto Carioca interpretava o personagem Bolsonabo, uma paródia do presidente da República Jair Bolsonaro. Ele usou o deboche com os jornalistas presentes no local, fazendo com que a âncora do principal telejornal do canal caísse na risada em diversos momentos.

Tudo começou quando ‘Bolsonabo’ afirmou que não era muito querido no local, já que entrou no estúdio e não foi recebido com aplausos pelos repórteres presentes. Araújo, então, afirmou que gostaria de falar com Márvio Lúcio. Na sequência, o humorista disse que ele mesmo estava ali e disse que era possível comprovar ligando para o ministro Paulo Guedes ou mesmo para o filho dele.

A polêmica

“Seu filho? Seu filho rende furo. Ele rende“, disparou a jornalista. Carioca, então, rebateu. “Olha, não vem com essa piada de ‘furo’ porque daqui a pouco a culpa é minha“. No caso, a polêmica se refere a uma frase dita pelo presidente, que fez uma piada com Patrícia Campos Mello, jornalista da Folha de S. Paulo, em que afirma que ela “querida dar o furo, um furo de reportagem”.

Adriana Araújo foi bastante criticada pela atitude e decidiu ir ao Twitter para se explicar. “Pra esclarecer um ponto. No vocabulário de uma repórter, furo é sempre furo. Jornalístico. Publicar em primeira mão informação relevante é furo. O nome é esse, sempre foi. Ontem perguntei ao Carioca se na entrevista dele tem furo, tem notícia“, disse.

“No meu vocabulário como mulher, vagina é vagina. Nunca é furo. E isso também não precisa mudar. Quando eu falo de furo, estou falando de furo. Achei importante esclarecer”, encerrou. Nas respostas, alguns internautas criticaram a jornalista enquanto outros a apoiaram.

Fonte: THIAGO FREITAS DO PORTAL OVERTUBE

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️