Agrônomo do INDEIA de Juara explica o Vazio Sanitário da Soja que teve inicio dia 15

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Teve início no dia 15, o Vazio Sanitário da Soja no Estado de MT e segue até 15 de setembro. Neste período de 90 dias, fica totalmente proibida a presença de plantas vivas de soja nas propriedades.

O desacato ao prazo proibitivo pode acarretar em multas de 30 Unidades Padrão Fiscal (UPF’s-MT) mais duas UPFs por hectare de planta não eliminada.

As guaxas germinadas às margens das rodovias, na frente das propriedades rurais, também são de responsabilidade do produtor.

Durante os 90 dias de proibição não pode haver plantas vivas de soja, nem mesmo as de germinação voluntária, chamadas de guaxas. Plantio também fica impedida durante o prazo.

Em Juara, Danilo Alves de Souza engenheiro agrônomo do INDEIA de Juara, disse à rádio Tucunaré que o Brasil iniciou o Vazio Sanitário da Soja.

A medida existe para conter o fungo da ferrugem asiática, que necessita de plantas vivas de soja para se manter e por isso, desde 2006, com o objetivo de impedir a sobrevivência dessa praga, criou-se o Vazio Sanitário da Soja.

Na safra 2019/2020 foram cadastradas junto ao INDEIA 12.441 propriedades com plantio de soja. no estado, com uma área de mais de 8 milhões hectares plantados.

Em 2019 o INDEIA tem realizado o monitoramento de ferrugem asiática no período de entressafra, sendo coletadas amostras de plantas quando encontrada nesse período, incidência do fungo na cultura e com isso, será possível saber quais as áreas no estado que estão sendo atacadas.

A ferrugem asiática pode atacar até 100% da cultura e gera um enorme prejuízo impactando a economia.

O agrônomo pede para que os produtores percorram suas propriedades, pois se os técnicos do INDEIA encontrar algum pé de soja vivo, o produtor será notificado para destruí-los e o auto de infração será lavrado.

Ouça entrevista com o engenheiro Danilo Alves de Souza :

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️