Alerta: vendedores de filtro estariam fazendo teste irregular da água em residências de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Moradores de Juara reclamaram nas redes sociais, em veículos de comunicação da cidade e na própria prefeitura do município, sobre um suposto monitoramento da água, feito por uma equipe desconhecida na cidade e que, além de pedir para fazer o teste do liquido nas residências, também ofertam filtros para vender.

Nossa reportagem foi atrás das informações e descobriu que esses “vendedores” estariam chegando nas residências e oferecendo esse suposto teste, usando um produto chamado Hidroazul, que é um reagente para análise de PH da água, segundo especialistas, usado para conferir o PH em piscinas, não em água para consumo humano.

O químico Guilherme Ricieri Vendrametto, responsável pelos laboratórios da empresa Águas de Juara, explicou que a empresa faz um acompanhamento da água que é distribuída na cidade, coletando mensalmente, 45 amostras em locais diferentes, sem, no entanto, necessitar adentrar aos muros das residências, coletando o liquido a partir dos cavaletes, já que a água a partir dali, passa a ser de responsabilidade do proprietário do imóvel.

Guilherme explica que todas as coletas são feitas em hospitais, escolas, áreas de bastante movimentação e alguns casos,em residências. O material é coletado e levado para o laboratório da empresa para ser analisado.

Ele explica que na água coletada é verificado se existem coliformes fecais, cloro, o PH, turbidez, cor e bactérias heterotróficas.

Com relação aos vendedores que estariam realizando esses “testes” nas residências de Juara, o químico diz que não são habilitadas, sem capacitação para esse tipo de serviço.

O químico orientou que os moradores não deixem entrar nas residências, pois não se sabe se é uma pessoa de boa índole ou não e que isso é uma atitude fora da normalidade e que a empresa faz tudo dentro das normas da Vigilância Sanitária Ambiental e dentro das exigências das leis.

A bióloga Fernanda Vez, responsável pelo Laboratório Municipal de Monitoramento da Qualidade da Água para Consumo Humano no Vale do Arinos, explicou que a é feita a coleta de amostra de água mensalmente e que sempre o produto é retirado quando chega no cavalete, nunca dentro das residências e que

Ela explica que o laboratório é uma extensão do Lacem de Cuiabá e que o que fazem é monitorar a empresa Águas de Juara, num monitoramento que é feito dentro dos padrões exigidos pela Vigilância.

Fernanda explicou que, durante o ano de 2019 não houve nenhuma alteração na água que é distribuída na cidade de Juara, com de uma mudança na turbidez da água, que ocorreu no mês de setembro.

Fonte: Diretoria de imprensa da prefeitura de Juara

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️