Argentina será o 1ª país a aprovar trigo transgênico

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O governo da Argentina vai aprovar a variedade transgênica de trigo tolerante à seca HB4, da empresa de biotecnologia Bioceres, segundo uma resolução oficial à qual a Reuters teve acesso de forma exclusiva nesta quarta-feira.

A medida torna o país o primeiro a autorizar trigo geneticamente modificado.

No entanto, a companhia só poderá iniciar a comercialização do trigo HB4 quando a semente for autorizada pelo governo do Brasil, principal destino das exportações argentinas do cereal, de acordo com o documento.

“Autoriza-se a comercialização da semente, dos produtos e dos subprodutos derivados desta, provenientes do trigo IND-ØØ412-7 (resistente à seca)”, indica a resolução do governo argentino.

O documento destaca que o órgão sanitário argentino Senasa disse que “não foram encontradas objeções científicas para sua aprovação a partir do ponto de vista da adequação alimentar humana e animal”.

A Argentina é uma das principais exportadoras de alimentos do mundo. O país sul-americano é também um grande fornecedor global de milho e soja, cujas variedades transgênicas são amplamente utilizadas.

Procurado, o presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), Rubens Barbosa, afirmou que a entidade está seguindo o assunto.

“Estamos acompanhando. Vamos aguardar. A legislação brasileira não permite a importação”, disse ele, sem mais comentários.

Do total importado pelo Brasil de janeiro a agosto, de 4,6 milhões de toneladas de trigo, 3,8 milhões de toneladas tiveram origem na Argentina, segundo dados do governo brasileiro.

Fonte: Portaldoagronegocio

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️