Armado, homem agride e ameaça matar cunhada com tiro na cabeça

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Uma mulher acionou a Polícia Militar (PM) e denunciou o cunhado por ter a ameaçado de morte com uma arma de fogo além de ter sido agredida com um tapa no rosto durante o início da madrugada desta sexta-feira (03) no bairro Mapim, em Várzea Grande.

De acordo com a denúncia, a vítima explicou que havia saído com o esposo, o cunhado e a mulher dele, quando, em determinado momento, ela e o cunhado começaram uma discussão por motivo fútil.

Muito nervoso, o acusado chegou a dar um tapa no rosto da cunhada e a jogou no chão.  A mulher teria reagido, quando se levantou e partiu para cima do agressor.

Nesse momento, o acusado sacou um revólver calibre .38 da cintura e apontou contra a cabeça da vítima, fazendo ameaças de morte.

A PM atendeu a ocorrência, abordou o homem, que negou que estivesse armado e autorizou os policiais fazerem buscas na casa dele, onde a arma não foi encontrada.

Porém, em varredura pela região, o revolver e 15 munições, de mesmo calibre, foram encontrados jogados em um terreno baldio.

Ao ser questionado, o homem confessou ser o dono da arma, mas continuou a negar as agressões.

Diante dos fatos, os militares prenderam o agressor e o encaminhou à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e ficou detido aguardando as providências cabíveis ao caso.

A ocorrência foi registrada por crimes de posse irregular de arma de fogo, lesão corporal e ameaça.

O revólver .38 também foi apreendido e tinha indícios de numeração remarcada.

Fonte: ReporterMT

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️