Atlético-MG leva 3 do Unión Santa Fé e se complica na Copa Sul-Americana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Atlético x Tombense 02.02.2020 na Arena Independência em Belo Horizonte pelo Campeonato Mineiro 2020 - Fotos: Bruno cantini / Agência Galo / Atlético

O Atlético-MG perdeu de 3 a 0 para o Unión Santa Fé, da Argentina, na noite desta quinta-feira, no estádio Estádio 15 de Abril, pela primeira fase da Copa Sul-Americana e se complicou na competição continental.

Na partida de volta, marcada para o próximo dia 20, no Mineirão, o Galo vai precisar fazer o mesmo placar para levar a disputa para as penalidades ou vencer por quatro gols de diferença.

Agora, o time de Rafael Dudamel vira a chave e volta a focar no Campeonato Mineiro. No próximo domingo, o Atlético enfrenta a URT, fora de casa, pela 5ª rodada do estadual.

O jogo- A partida começou desastrosa para o Galo. O Atlético entrou desligado e levou um gol aos três minutos. Walter Bou foi lançado, teve tempo de dominar, girar em cima do zagueiro Gabriel e finalizar sem chances de defesa.  Depois de sofrer por mais 35 minutos, os mineiros conseguiram dar a primeira finalização apenas aos 40. Hyoran levou bola na área e, na sobra, Jair pegou bonito, forçando boa defesa de Moyano.

Quem não faz, toma. A situação atleticana piorou aos 43, quando Cabrera fez 2 a 0. Em mais uma falha de marcação, Bou lançou o meio-campista. Com muita liberdade, o camisa sete avançou, entrou na área e mandou uma bomba, mais uma vez sem que Michael pudesse fazer algo. Apesar dos dois gols, o arqueiro brasileiro fazia boa partida e era o principal responsável pela vantagem não ser ainda mais elástica.

O início da segunda etapa foi bastante parecido com o da inicial. Aos seis, em mais um lançamento de longe, o Unión Santa Fé fez o terceiro. Carabajal recebeu bola enfiada dentro da área, conseguiu o domínio, ajeitou o corpo e tocou na saída de Michael.

Muito desesperado e cometendo uma série de erros defensivos, o Atlético Mineiro não conseguiu levar perigo ao gol de Moyano. A melhor chance foi aos 46, na batida de pênalti de Allan. O meio-campista desperdiçou a cobrança, batendo em cima do arqueiro argentino. O mesmo, acabou sendo expulso no último lance do jogo, pelo segundo cartão amarelo.

Apenas uma goleada de pelo menos quatro gols classifica a equipe brasileira.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Bruno Cantini/assessoria/arquivo)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️