Avião de passageiros paquistanês põe defesa europeia em alerta

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Difícil imaginar que um simples voo internacional colocaria em alerta várias forças de defesa militar da Europa central e oriental, na última quinta-feira, 27 de fevereiro.

Tinha tudo para ser uma viagem normal entre Londres e a capital paquistanesa, Islamabad.

Apesar da decolagem com 26 minutos de atraso no terminal de Heathrow, as condições meteorológicas indicavam uma rota tranquila para o Boeing 777-200 fabricado em 2005, cumprindo o voo PK-786 da Pakistan International Airlines.

Minutos depois de sobrevoar o espaço aéreo alemão, no entanto, a tripulação do Boeing não respondeu as chamadas feitas pelo Controle de Tráfego Aéreo local. Em todo o mundo, esses órgãos são tratados por ATC.

A falta de resposta do jato se repetiu sobre a República Tcheca, que por via das dúvidas, despachou 2 caças para averiguar a situação mais de perto. Os aviões militares realizaram manobras para garantir que fossem vistos pelo Boeing e emitiram sinais visuais. As tentativas de contato foram inúteis.

O ATC tcheco chegou a instruir a tripulação paquistanesa a apertar em seu transponder a opção “ident”, abreviação de ‘identify’. Não houve resposta. O transponder é um dispositivo eletrônico que emite sinais por rádio-frequência. Na falta de comunicação via rádio, a tripulação tem a opção de usar códigos no transponder padronizados pela aviação mundial. Para falha de comunicação, por exemplo, o piloto digita o número 7600. Em caso de emergência, 7700. Já o código 7500 indica “intruso na cabine”, usado em situações de sequestro.

O Controle de Tráfego ainda tentou se comunicar por 121,5 Mhz, a frequência mundial ‘GUARD’ utilizada na aviação civil, reservada para situaçoes especiais e também conhecida como ‘IAD’, ou, International Air Distress.

Avisada pelos tchecos de que o voo comercial seguia para seu território, a Força Aérea da Hungria soou o alarme em Budapeste e dois Gripens — da mesma família de caças que irão integrar a Força Aérea Brasileira — levantaram voo para interceptar o Boeing paquistanês. A falta de resposta se repetiu com os húngaros e mais tarde com os eslovacos.

A comunicação só foi normalizada quando a aeronave sobrevoava o setor de responsabilidade do ATC de Bucareste, na Romênia. Eram 20h18 pelo horário UTC, 17h18 pelo horário de Brasília. Ao todo o avião de passageiros paquistanês permaneceu quase uma hora incomunicável.

Como o Boeing seguia a rota prevista em seu plano de voo original, nivelado em 37.000 pés, nenhuma atitude hostil foi tomada pelos caças.

Aeronaves em rotas internacionais são obrigadas a se comunicar com os ATCs de cada território sobrevoado. Estranhamente, os pilotos do Boeing 777 não cumpriram esta determinação básica, e mais grave, não responderam as iniciativas dos caças militares.

O ‘Triple Seven’, como é chamado em inglês, é uma das aeronaves mais conceituadas na aviação comercial. É equipada com vários sistemas de comunicação, estratégia conhecida no meio aeronáutico como ‘redundância’, o que permite a mais de um dispositivo executar uma mesma função, caso haja falha em equipamentos similares.

Questionada por jornalistas, a Pakistan International Airlines ainda não se manifestou sobre o ocorrido na cabine de seu jato intercontinental, embora forças aeronáuticas dos países citados tenham confirmado a ocorrência.

As evidências indicam, contudo, a possibilidade de ter havido uma grande violação de protocolo cometida pela tripulação do voo PK-786. Aviões comerciais jamais cruzariam áreas de Controle de Tráfego, escoltados por caças, sem utilizar qualquer forma de comunicação.

É esperado que em breve, ao contrário de seus pilotos, a Pakistan International Airlines rompa a barreira do silêncio. E garanta aos passageiros que sua tripulação está apta a seguir protocolos básicos da aviação civil.

Fonte: R7

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️