Bando que atirou em deputado assaltou vereadora

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A quadrilha autuada em flagrante na tentativa de assalto ocorrida no bairro Jardim das Amricas, em Cuiab, tendo como vtima um assessor e o deputado estadual, coronel PM, Pery Taborelli, investigada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Polcia Judiciria Civil, em mais de dez roubos em residncias e no latrocnio que culminou na morte do agente do Sistema Socioeducativo, Sidney Carlos da Silva Alves. A priso de quatro membros do grupo foi uma ao conjunta da Polcia Militar e a Polcia Civil, por meio da Derf, que j tinha a qualificao dos bandidos.O deputado estadual Taborelli e o assessor foram uma das ltimas vtimas do grupo, que vinha cometendo uma srie de assaltos em residncias localizadas em regies nobres como os bairros Santa Rosa, Morada do Ouro, Boa Esperana e Jardim das Amricas. O deputado prestou depoimento, na manh desta quinta-feira (07.07), a delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos, na sede da Derf Cuiab, e contou como acabou impedindo a consumao do assalto, que ocorria na casa de seu assessor, no bairro Jardim das Amricas, na noite da ltima tera-feira (05.07). O bando composto pelos criminosos Willian Regis de Oliveira Santana, conhecido como “Esquisito”, Yuri Rodrigues de Arruda, 20, Humberto Paulo Oliveira Santana, e Elton Soares de Santos, 19, conhecido como "Xoxota", rondavam pelo bairro esperando a oportunidade de cometer mais um assalto, quando viu um veculo sendo estacionado em uma casa. Assim que o porto abriu, trs dos bandidos armados renderam a vtima. O deputado, que vinha em seu veculo logo atrs do assessor, ao parar o automvel percebeu a situao e reagiu ao assalto. Houve troca de tiros e o suspeito Elton Soares de Santos, foi atingido na regio abdominal. Ele foi levado para o Pronto Socorro de Vrzea Grande e permanece preso sob vigilncia policial. No veculo, estavam o deputado, dois filhos e a namorada de um deles. O deputado informou que havia passado na casa do assessor para peg-lo, pois todos iriam sair para jantar. Em seu depoimento, Taborelli deixou consignado que acredita na possibilidade de ter sofrido um atentado, por no ter ouvido anncio de assalto. A delegada Jannira Laranjeira, depois de ouvir os presos, analisar as imagens de cmeras de segurana para esclarecer as circunstncias do assalto, disse que o roubo j estava em andamento quando o deputado chegou a casa. Os quatro bandidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de latrocnio e associao criminosa. Os acusados j foram reconhecidos pelas vtimas de sete roubos praticados em Cuiab, inclusive pelo deputado e o assessor. “Identificamos que nessa ao, Humberto era o dono do veculo, Voyagem preto, usado no crime. Ele emprestou o automvel para Yuri, que foi reconhecido como um dos autores juntamente com Elton e Willian”, disse a delegada Jannira Laranjeira. Roubos Todos os suspeitos integram uma quadrilha composta por pelo menos oito bandidos altamente perigosos, que eram investigados pela Delegacia de Roubos e Furtos desde abril de 2016, quando a Polcia Civil registrou o roubo em uma residncia, de onde um Sandeiro foi subtrado, no bairro Morada do Ouro. A vtima deste crime compareceu na delegacia e reconheceu os bandidos. O veculo foi recuperado no ms passado e nele a Polcia Civil encontrou o nmero do celular de um dos bandidos cadastrado no sistema Bluetooth do veculo, alm de pertences do proprietrio do carro. No dia 5 de maio, o bando roubou uma Honda CRV durante assalto em uma casa no bairro Santa Rosa. Em 24 de maio, os criminosos roubaram novamente uma residncia no bairro Santa Rosa, depois foram para Campo Verde, no dia 14 de junho, e tentaram roubar uma caminhonete Amarok, mas a vtima reagiu disparando contra os suspeitos, impedindo a consumao do crime. A quadrilha tambm investigada no roubo ocorrido no dia 18 de junho, no bairro Sucuri, que teve como vtimas dois agentes prisionais, sendo um agente do sistema socioeducativo Sidney Carlos da Silva Alves, de 40 anos, que morreu aps levar 12 tiros. Ele estava internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiab (PSMC), e foi obtido no ltimo dia 27 de junho. O mesmo grupo tambm apontado no assalto vereadora de Cuiab, Lueci Ramos, que foi mantida refm no dia 28 de junho, durante roubo em uma residncia no bairro Boa Esperana, e tambm no roubo a casa de um advogado no bairro Lixeira, em 21 de junho. “Essas pessoas j eram investigadas pela Derf e esto associadas para cometer roubos em bairros nobres da capital. Em abril prendemos dois deles e a mulher de um. Todos foram identificados nesse grupo pela Polcia Civil”, finalizou a delegada Jannira Laranjeira. As investigaes continuam at a priso de todos os componentes da quadrilha.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️