baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Julho de 2021

Cadeia pública de Juara mantém rígidos padrões de prevenção contra COVID19. Não há casos positivos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Reeducandos de Juara não foram contaminados por COVID 19 até esse momento, devido a aplicação de medidas rigorosas de controle sanitário.

O diretor da cadeia pública de Juara Carlos Alexandre Carrenho, em entrevista à rádio Tucunaré e site acesse notícias, informou que um advogado de reeducando comunicou, que o seu cliente poderia estar contaminado com COVID-19 e quando o cliente dele entrou na unidade prisional, os testes foram realizados e essa dúvida foi sanada e portanto, o reeducando não estava com coronavirus.

Sobre os cuidados com os reeducandos de Juara, o diretor explicou que Estado está fornecendo vários testes e todos os presos, que eventualmente precisarem sair da cadeia para fazer um tratamento, ficam em isolamento dos demais por 14 dias e assim e também os servidores que trabalham estão se cuidando o tempo todo.

As mercadorias que chegam e tudo que entrava antes estão sendo impedidos e as idas aos hospitais, agora só acontecem quando não há outra solução, pois todos eles sabem que terão que ficar de quarentena ao retornar.

As visitas não estão acontecendo e através de agendamento, realizam as conversas por vídeo conferência com seus familiares. Comunicação fora da cadeia, apenas pelas pela internet.

O último exame realizado foi no dia 21 de Abril, onde o estado forneceu os exames e a prefeitura a mão de obra e assim, os 108 presos de Juara não estão contaminados.

O diretor pede a compreensão por parte dos familiares que ficam ansiosos para visitarem seus parentes dentro do presídio, mas as medidas não são com intuito de impedi-los por motivo fútil, porque trata-se de um local, onde um pegando os demais também vão contrair a doença. Se acontecer uma contaminação em massa isso vai trazer problemas inclusive, para o sistema de saúde, para atender todos de uma vez, frisou o diretor.

Enquanto estivermos na pandemia, os controles serão rígidos para evitar uma contaminação em massa, encerrou  Carlos Alexandre.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site