Capacidade hospitalar pública e privada de Juara atende até 12 pacientes graves com coronavirus. Prevenção é a única alternativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em entrevista ao vivo na rádio Tucunaré nesse dia 20 de Março, a secretaria de saúde Silvia sirena e o diretor Clínico do Hospital Municipal Dr Auro Renan, sobre a organização que foi adotada na rede de atendimento público e privada para atender, caso apareçam, doentes contaminados pelo coronavírus.

A secretária Silvia Sirena lembrou de pronto, que essa é uma doença a mais, pois as demais doenças continuam acontecendo e o sistema público precisa continuar dando a assistência necessária. Como exemplo citou a hanseníase, tuberculose, gripe H1N1, hepatites e outras tantas doenças já conhecidas e que precisam ser tratadas e por vezes são até mais perigosas.

A organização do atendimento do Hospital Municipal foi modificada com várias triagens desde a entrada do paciente, informou o Dr Auro.

Por vários momentos, ambos entrevistados citaram a importância de as pessoas não correrem aos estabelecimentos de saúde com sinais de febre baixa ou outros sintomas comuns de gripe e pediram para as pessoas tentarem controlar os sintomas com analgésicos e só procurar qualquer hospital, se perceberem o agravamento dos sintomas.

A informação mais relevante e preocupante é que: Se em Juara tivermos, por exemplo, 20 pacientes graves contaminados pelo coronavírus e que necessitem de cuidados intensivos como a intubação e ventilação, a capacidade de todos os hospitais público e privados só conseguiriam atender no máximo 12 pacientes.

Considerando que Juara e região com cerca de 50 mil habitantes, onde o hospital municipal é a referência da região do Vale do Arinos, a única medida viável é a população entender e colaborar com as orientações técnicas de reforçar a higiene das mãos e circular o mínimo possível, dispensando passeios, reuniões, aglomerações ou ficar nas ruas e bares sem necessidade.

Se houver colaboração maciça por parte da população, esse período contencioso será breve, assim explicaram os gestores.

Um novo decreto está sendo elaborado e divulgado ainda nesse dia 20 por parte da Prefeitura Municipal, com novas medidas preventivas.

A doença Covid-19 que surgiu na China no final de 2019 está se espalhando em alta velocidade em todo o mundo, onde mais de 200.000 casos foram confirmados e mais de 9.000 pessoas morreram.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou na semana passada que o vírus é fatal em 3,4% dos casos confirmados.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️