Casal de pastores desafia polícia, faz culto com aglomeração e acaba preso em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Um pastor de 34 anos, e sua esposa, de 31 anos, foram presos por realizar um culto na noite da última quinta-feira (26), em Vila Rica (1004 km da Capital), mesmo após a publicação do decreto estadual de prevenção ao coronavírus.

De acordo com a ocorrência, em ronda, policiais militares receberam uma denúncia de que estaria ocorrendo uma reunião, com aglomeração de pessoas, na Igreja Mundial.

No local, os policiais identificaram os evangélicos, que já tinham recebido orientação sobre os decretos vigentes, sendo um estadual e outro municipal, em que suspende as atividades religiosas.

Novamente, foi orientado que as atividades fossem encerradas.  No entanto, o pastor se recusou e disse que estava seguindo ordens do presidente da república, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), e que os militares estavam errados.

O casal começou uma discussão com os policiais, e a esposa do pastor incitou os fiéis contra a guarnição.

A mulher ameaçou processar os oficiais e pegou o celular para gravar a ação.

Diante disso, a multidão foi dispersada e o casal preso em flagrante.

O pastor e a mulher foram levados para Delegacia de Polícia, para providências cabíveis.

Fonte: ReporterMT

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️