Com 411 casos notificados a dengue é a doença que mais está sobrecarregando o atendimento hospitalar e dos PSFs em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A dengue é uma doença onde cada indivíduo esta responsável em combate-la, pois campanhas e apelos não faltam. Em Juara, ate o mês de maio os números são alarmantes.

A chefe da vigilância Ambiental de Juara Arlete Ramos informou a rádio Tucunaré que os números de notificação de dengue são alarmantes.

São 411 notificações ultrapassando números de anos anteriores. Desde o início de 2020 esses números se mantêm e não diminuem e estão a cada semana se mantendo, o que significa que o mosquito Aedes Aegypti contaminado está atuando em nossa cidade com intensidade.

Em 2010 foi o ano que também se mostrou muito preocupante em relação ao número de notificados, onde totalizaram 610 notificados e o número de 411 se refere ao início do ano até o mês de maio de 2020.

O agravante é o período de pandemia do covid-19, pois se uma pessoa contrair a dengue e mais o coronavirus, Chikungunya e Zica o risco de morte aumenta.

Um morador de Juara no mês anterior contraiu dengue e Chikungunya ao mesmo tempo, informou Arlete.

A doença que está mais sobrecarregando o atendimento hospitalar e também dos PSFs é a dengue, informou a bióloga

Os bairros mais acometidos são: Centro, Jardim Califórnia, Jardim João de Barro, Jardim Paulista, Jardim Paranaguá, Parque Alvorada, e o Vila Operária.

Os depósitos onde estão sendo encontrados os mosquitos não são grandes, mas nos lixos, latas de tintas e também pneus.

Ouça a entrevista com Arlete Ramos:

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️