Comerciantes de Juara falam do aumento expressivo no preço do arroz nos últimos dias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

De acordo com os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Estado de Mato Grosso terá uma produção de 402 mil toneladas de arroz na safra 2019/2020, 3,8% a mais do que os 387 mil tonelada do que a safra passada. Já a produção nacional é estimada em 11,2 milhões de tonelada, representando aumento de 6,6% em relação à safra passada.

Os consumidores vêm se assustando com o preço do arroz nos supermercados de todas as cidades de Mato Grosso, onde o pacote de 05 quilos (kg) chega a ser vendido em até R$ 20,00 a unidade em alguns estabelecimentos e a previsão é que esse valor possa chegar à casa dos R$ 30,00 até dezembro.

Essa crise pode ter desequilibrado a cadeia do arroz no Brasil que mais exportou e a plantação diminuiu, uma vez que as mudanças repentinas desse cenário econômico e social estão associado também a alta do dólar nos últimos dias e o grande número exportado, e com isso, os supermercados foram obrigados a aumentar o preço do produto, o mais presente na mesa do consumidor.

A reportagem da rádio Tucunaré e acessenoticias entrevistou alguns comerciantes de Juara para saber seus posicionamentos em relação a esse aumento exorbitante no preço do arroz.

A comerciante Erika Tatiane que é gerente/proprietária de supermercado em Juara explica que o auto está relacionado a vários fatores entre eles, o aumento do dólar, o grande número de exportação e o pouco plantio do arroz.

Ouça na íntegra a entrevista da comerciante Erika Tatiane:

A tese foi confirmada também pelo comerciante Erevaldo Barbieri, popular Saquinho. Ele também atribuiu o aumento do preço do arroz em virtude das normas que estabelece o não desmatamento, o pouco plantio e números expressivos de exportação. Ambos foram enfáticos em destacar que há previsão para queda no preço e a tendência é subir ainda mais.

Ouça na íntegra a entrevista do comerciante Erevaldo Barbieri:

 

Fonte: redação/radiotucunare/acessenoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️