baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020

Considerado o ‘pai do ano’ mata toda a família e o cachorro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Família de Elyria nos EUA

Nos Estados Unidos, um homem atirou e matou sua esposa, três filhos e cachorro antes de tirar a própria vida. A polícia encontrou os corpos em 29 de julho na casa da família na cidade de Elyria (Ohio) depois de receber uma ligação do chefe do pai, que ficou surpreso por ele não ter aparecido para trabalhar.

A polícia encontrou John Nelson, 44 anos, morto por volta das 8 horas da manhã em sua casa em Willow Park Road, depois de receber um pedido para verificar a família.

Acharam seu corpo, juntamente com os corpos de sua esposa Robin Nelson, 35 anos, e de seus filhos Gavin, 12 anos, Brianna, 10 e Liam, 6 anos.

O capitão da polícia de Elyria, William Pelko, disse em um breve comunicado que os investigadores  confirmaram  suas mortes como resultado de um assassinato-suicídio, e que John Nelson disparou os tiros.

Pelko não deu detalhes sobre o que levou a polícia a determinar que John Nelson tirou a vida dos membros de sua família. A investigação está em andamento.

Segundo a reportagem  da “Cleveland.com”, colegas de trabalho e membros da família não retornaram as ligações pedindo comentários ou se recusaram a comentar sobre suas mortes.

As três crianças frequentaram as escolas da cidade de Elyria. O distrito divulgou um comunicado quinta-feira dizendo: “Esta notícia devastadora abalou profundamente nossa equipe e comunidade escolar”, diz um comunicado do distrito.

“Na segunda-feira, uma equipe de conselheiros e assistentes sociais da ‘Elyria Schools’ treinados em atendimento a trauma e crise, estará disponível para estudantes, pais e funcionários que precisam de apoio.”

A responsável jurídica da Elyria, Amanda Deery, retornou uma ligação na quinta-feira pela manhã solicitando os registros, mas estes ainda não foram disponibilizados.

Segundo os parentes dos ‘Nelsons’, a polícia revelou posteriormente, que o assassino havia deixado uma nota de suicídio, mas não queria dar detalhes de seu conteúdo. Por sua parte, os vizinhos garantiram que ouviram gritos e o barulho parecidos com ‘ fogos’  na tarde do dia anterior ao crime, mas não suspeitaram que algo anormal estivesse acontecendo.

O massacre chocou familiares e conhecidos das vítimas e do assassino, que acreditavam que os Nelsons eram a família ideal. “John era o pai do ano … Ele era o tipo de pessoa que trabalha para dar tudo a seus amigos, familiares e até estranhos”, disse um dos membros da família.

Fonte: O Dia

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️