baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 23 de Janeiro de 2021

Desenho revela pedido de socorro de vítima de abuso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O advogado Hlio Passadori, que defende o suspeito Ueber Carvalho, alega convicto que seu cliente inocente. Ueber advogado e est preso h 10 dias sob suspeita de abusar de sua filha, hoje com 14 anos, durante 5 anos. Nesta sexta-feira (8) ele prestou depoimento na Deddica. "A alegao totalmente infundada, no verdadeira. uma fantasia criada possivelmente pela me da menor. A menina talvez no tenha capacidade de criar isso a, mas devido criao que teve com a me chegou a esse fim", afirma Passadori. Cliente e advogado so amigos h 23 anos, e Passadori afirma que o relacionamento com a ex-mulher era tumultuado desde o comeo. "A me da menor sempre quis complicar a vida do meu cliente e amigo particular", complementa. As investigaes correm em segredo de justia. Desenhos obtidos pelo site Olhar Direto e atribudos vtima demonstram que a menina pedia socorro. Passadori ainda diz que os desenhos no tm relao com o caso. "Isso no tem nada a ver com o meu cliente. O desenho da vida psquica da menina, da relao dela com a menina. No tem nem meno ao pai", justifica o advogado de defesa. A psicloga Daniela Mendes Piloni afirma que “o estupro uma ferida que nunca cicatriza”. “O progenitor , na teoria, algum que deveria proteger, dar segurana. Quando acontece violncia como essa, h uma quebra no psicolgico da criana”, explica. “A vtima passa a sentir culpa. A mensagem de ‘ errado, mas pode’ confunde a cabea dela. Acaba se tornando uma pessoa confusa, insegura, que tem problemas com a sexualidade”, explica a outra psicloga Sheila Arajo. Hoje, a menina tem 14 anos de idade. “Quanto mais tempo acontece o abuso, pior as consequncias. E quando acontece no seio familiar, nessas circunstncias, muito mais danoso para a sade fsica e mental, do que algo pontual”, complementa Sheila. Entenda o caso O advogado Ueber Carvalho, de 46 anos foi preso no dia 29 de junho, suspeito de ter abusado da prpria filha. A me da menina procurou a polcia e fez a queixa, depois que a filha disse que "queria ter relao homossexual porque tinha averso a homens". A me encontrou todos os relatos no dirio da adolescente e em conversas pelo aplicativo whatsapp. Onde ela contava que o pai sempre acariciava ndega e as partes ntimas. Os pais so separados h mais de dez anos e o abuso comeou quando a menina tinha 9 anos de idade. Os crimes aconteciam sempre aos fins de semana, quando a adolescente ia para a casa do pai.

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️