Desesperada, mãe pede apoio das autoridades para internação da filha com problemas psicológicos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Foto de Lúndia na rua, quando ainda estava em tratamento em Juara

A senhora Vilma Alves Coutinho, moradora da Rua 11 casa nº 669 W no Jardim Santa Cruz em Juara, que tem uma filha com problemas psicológicos que estava internada em Cuiabá procurou a rádio Tucunaré para falar sobre o caso e disse que lida há 24 anos com essa situação.

Vilma iniciou fazendo agradecimentos as pessoas que tem lhe ajudado a trazer sua filha Lúndia para casa quando ela saiu sem destino para as ruas e fez um  apelo as autoridades para ajudar e reconduzir sua filha ao internamento em Cuiabá, porque segundo a mãe, internada na capital, sua filha corre menos riscos e cumpre os tratamentos.

“Aqui em Juara, a Lúndia sai descalço sem rumo, tira as roupas na rua, não come, não aceita tomar os medicamentos, além e ser agressiva com a família, e eu tenho muito medo de com essa situação, ela contrair o Coronavírus (Covid 19), porque ela se recusa tomar banho e se higienizar, então queria que ela retornasse ao internamento em Cuiabá”, apelou a mãe.

Vilma explicou que afilha fez tratamentos no CAPS em Juara assim que descobriram a doença, mas com o agravamento foi levada para Sinop onde passou por tratamentos na época, mas por questão financeiras, acabou parando. Recentemente, a filha Lúndia estava internada em tratamento em Cuiabá, mas foi liberada pelo médico.

Dona Vilma disse que procurou a promotoria para retornar a filha ao internamento, mas mediante o documento, o promotor explicou que estava muito em cima da hora e se faz necessário novo encaminhamento.

Desesperada, Vilma pede ajuda as autoridades para retornar sua filha ao internamento em Cuiabá.

Ouça na íntegra a entrevista de Vilma:

Fonte: Acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️