Juara – Mato Grosso

19 de abril de 2024 23:29

[dataehoranews]

Saiba como funciona a confecção do novo modelo de cédula de identidade em Juara

O Chefe do Setor de Identificação do município de Juara, senhor Ademir Aleixo, concedeu uma entrevista exclusiva ao jornalista Fernando José, discutindo as dúvidas da população em relação ao recém-lançado modelo de cédula de identidade. Durante a entrevista, Ademir esclareceu pontos cruciais sobre o processo de emissão, tipos de documentos e prazos.

De acordo com Ademir, desde o dia 6 de março, o município de Juara oferece dois modelos de cédula de identidade: o modelo em papel, que é gratuito, e o modelo em cartão, que tem um custo de R$ 99,53. Ele afirmou que a escolha entre os modelos é uma decisão do cidadão, e aqueles que optarem pelo modelo gratuito não precisarão fazer a troca para o modelo em cartão.

Quanto à demora na emissão dos documentos, Ademir destacou que houve uma grande demanda desde março, resultando em um atraso considerável. Ele mencionou que mais de 200 mil documentos foram emitidos no estado do Mato Grosso desde então, levando a um período de espera de mais de 90 dias para a obtenção do documento. A explicação dada pela Secretaria de Segurança Pública foi a falta de recursos humanos para atender à alta demanda.

Ademir também detalhou a chegada dos novos documentos e os desafios enfrentados. Ele informou que, embora uma remessa de documentos tenha chegado em maio, ainda há 60 identidades pendentes para este mês. Atualmente, o setor possui 250 documentos para serem entregues, incluindo 50 documentos não retirados do ano anterior e 200 documentos deste ano.

Para que as pessoas possam retirar seus documentos, Ademir explicou que é necessário comparecer ao setor de identificação ou ligar para o número 3556-3578. No caso de ligação, a pessoa deve fornecer o número de protocolo associado à sua solicitação para obter informações sobre o status do documento.

No tocante aos documentos emitidos no ano anterior e ainda não retirados, Ademir esclareceu que há um prazo até 31 de março de 2024 para a retirada. Caso não sejam retirados até essa data, os documentos serão devolvidos à Secretaria de Segurança.

Quanto à mudança no número de RG para o número de CPF, Ademir esclareceu que o novo documento gera apenas o número de CPF. Isso visa evitar que as pessoas emitam múltiplos RGs ao mudarem de estado. Ele também informou que as identidades emitidas até dois anos atrás não precisam ser trocadas imediatamente; o prazo para a troca é até o ano de 2032.

Finalmente, Ademir ressaltou que até 19 de fevereiro de 2032, toda a população brasileira deve adotar o novo modelo nacional de documento. Quanto aos horários de atendimento, o setor funciona de segunda a quinta-feira, das 7h às 13h, com 10 atendimentos de manhã e 10 à tarde. Ademir recomendou que as pessoas cheguem com meia hora de antecedência, considerando a possibilidade de variações no fluxo de atendimento devido à lentidão do sistema governamental.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare/Fernando José

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br