Juara – Mato Grosso

24 de julho de 2024 10:21

Dia 08 de Julho Dia Mundial da Alergia: Médico de Juara explica sobre os processos alérgicos

Em comemoração ao Dia Mundial da Alergia, celebrado em 8 de julho, a Rádio Tucunaré entrevistou o Dr. Francisco de Assis Domingues, anestesiologista do Hospital e Maternidade São Lucas, para esclarecer sobre os processos alérgicos e como preveni-los.

Dr. Francisco explica que as alergias são reações do sistema imunológico a substâncias geralmente inofensivas, conhecidas como alérgenos. Essas reações podem causar uma variedade de sintomas, como espirros, olhos lacrimejantes e pruriginosos, coriza, coceira na pele e erupção cutânea. Em casos mais graves, podem ocorrer reações anafiláticas, que são potencialmente fatais e requerem tratamento emergencial imediato.

Para diagnosticar uma alergia, é comum que os médicos observem os sintomas e realizem testes cutâneos, que ajudam a identificar o alérgeno específico. No entanto, esses testes não conseguem prever a gravidade de futuras reações. A melhor forma de prevenção é evitar o contato com a substância que provoca a alergia. Se isso não for possível, injeções de dessensibilização administradas com antecedência podem ajudar a reduzir a sensibilidade do paciente.

Dr. Francisco enfatiza a importância de que pessoas com histórico de reações alérgicas graves carreguem sempre uma seringa autoinjetável e comprimidos de anti-histamínicos receitados por médico, que é o profissional que terá condições de analisar caso a caso. Ele destacou a importância de nunca se auto medicar sem recomendação de um medico.

Em uma explicação didática, Dr. Francisco descreve que o sistema imunológico, composto por anticorpos, leucócitos, mastócitos e outras substâncias, normalmente defende o corpo contra antígenos (substâncias estranhas). No entanto, em pessoas alérgicas, o sistema imunológico reage de forma exagerada a alérgenos presentes no ambiente, alimentos ou medicamentos. Essa reação exagerada resulta em uma reação alérgica.

Os alérgenos podem desencadear reações alérgicas de várias maneiras:

  • Alergia sazonal: causada por pólen de árvores, grama ou tasneira.
  • Alergia medicamentosa: desencadeada por medicamentos.
  • Alergia alimentar: causada pela ingestão de certos alimentos.
  • Alergia durante todo o ano: provocada pela inalação de poeira, pelo de animais ou mofo.
  • Alergia de contato: desencadeada pelo toque em certas substâncias, como látex.
  • Reações a picadas de insetos: podem levar a reações anafiláticas ou angioedema.

Quando uma pessoa é exposta a um alérgeno pela primeira vez, seu sistema imunológico pode produzir anticorpos IgE, que se ligam a basófilos e mastócitos. Na próxima exposição ao alérgeno, esses anticorpos liberam substâncias como histamina, causando inflamação e irritação dos tecidos. Esse processo pode variar de uma reação leve a grave.

Dr. Francisco também destaca que algumas pessoas têm uma predisposição hereditária para produzir grandes quantidades de IgE, uma condição conhecida como atopia. Essas pessoas são mais propensas a desenvolver alergias que causam febre do feno, asma, problemas de pele ou alergias alimentares.

Neste Dia Mundial da Alergia, é essencial que todos se conscientizem sobre a importância da prevenção e do tratamento adequado das alergias.

Fique atento aos sintomas e consulte um médico para um diagnóstico e tratamento corretos.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.

Mais recentes

Siga-nos

Feito com muito 💜 por go7.com.br