Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 15 de Agosto de 2022

Após constatação de foco de Raiva em Juara técnicos do Indea iniciam vacinação e demais medidas de contenção

Um foco de raiva foi detectado pelos técnicos do Indea no município de Juara, em propriedade próxima à divisa com o município de Novo Horizonte do Norte.

A informação veio do chefe do Indea Márcio Dreher e o técnico veterinário Chiquinho, explicou em entrevista ao vivo na Rádio Tucunaré no último dia 18, que há muito tempo Juara não registrava um foco da doença raiva no município e diante da comunicação, e no passado,  os técnicos visitaram as propriedades e os focos ficaram omitidos por muitos anos, mas agora, surge uma nova comunicação e todas as propriedades num raio de 10 km estão sendo visitadas pelos técnicos do Indea e vão realizar a vacinação contra raiva em todos os animais, informou.

Todos os produtores foram colocados em alerta, pois a raiva é uma doença que transmite dos animais para os homens, e por isso, qualquer animal que aparecer com sintomas nervosos, o proprietário comunicar o órgão. Os animais contaminados por raiva apresentam inicialmente dificuldade de locomoção, não movem os músculos posteriores, apresentam contratura muscular, cegueira, fezes de cabrito (menores e ressacadas), explicou Chiquinho.

Outra medida importante é perceber se na propriedade existem morcegos hematófagos, que são os vetores da raiva animal.

A raiva não tem cura e por isso considerada séria, então os técnicos pedem apoio aos produtores no sentido de que os produtores devem notificar o órgão.

Num raio de 10km do foco de raiva, as propriedades rurais terão seus animais vacinados, porque o morcego hematófago circula nessa área buscando alimentos e contaminando os animais, explicou.

Qualquer ataque de morcegos que for percebido, o produtor precisa notificar o Indea e não deve manipular esses animais, no sentido de tentar conter a ação deles, pois somente o morcego hematófago é que representa risco e os demais, que se alimentam de frutas, são inofensivos e combatê-los, seria um crime ambiental, explicou Chiquinho.

Os morcegos que se alimentam de frutas podem ter contato com os morcegos hematófagos e também serem contaminados e por isso, se o produtor perceber a presença de qualquer tipo de morcegos durante o dia, caídos no solo, pode ser um sinal da existência de hematófagos e por isso o Indeia precisa ser notificado, para que os técnicos  procedam com análise da situação.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Noticias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.