baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 27 de Novembro de 2021

Associação firma contrato com Empresa para realizar projeto de pavimentação da MT-338 Juara/Rio dos Peixes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Na tarde desse dia 23, na sala de reuniões da Câmara Municipal de Juara, Associação dos Moradores e Produtores de Leite de Águas Claras, através de seu representante Douglas Paes de Barros, Vereadores e técnicos dá SM Serviços de Engenharia Eirelli, de Cuiabá, assinaram contrato para a realização do projeto de pavimentação de Juara até a ponte sobre o Rio dos peixes sentido Paranorte.

Em entrevista Rádio Tucunaré, o engenheiro civil Fabrício Segura, disse que essa é a primeira vez que realiza um projeto para uma cidade do Norte do Estado, embora já tenham vários outros projetos.

De acordo com suas informações, o trabalho começa nesse dia 24, através de uma vistoria no trecho, onde os projetistas vão examinar a questão do relevo, com filmagens e enfim, vão registrar no local, a percepção da região.

A partir do dia primeiro, técnicos de campo farão levantamento topográfico, geológico, geotécnico e o perfilhamento a laser.

A topografia da MT-338 será feita como se fosse um scanner do terreno,  que dará agilidade de aproximadamente 20 dias na execução do projeto.

Essa pressa se deve ao fato de que o projeto deverá ser entregue antes do mês de março de 2022, visto que se trata de um ano político e a legislação traz algumas regras nesse sentido e assim sendo, deverá ser protocolado na SINFRA de Mato Grosso até o final de fevereiro ou antes, explicou o Engenheiro.

Cerca de 1,5 km será encurtado, com a retirada de curvas que vai dar conforto e segurança e mais agilidade na execução do trabalho, informou.

O engenheiro explicou ainda, que ao se iniciar o projeto, os gastos são os mais altos e por isso foi solicitado um adiantamento de 40% do valor do contrato, para pagar parte de todo o aparato necessário para o levante de 80 km de estrada e então, esse pagamento antecipado é considerado de mobilização.

Todo cálculo de bacia e alagamentos é feito e nesse ponto serão  erguidos de tal forma, que os bueiros não causem nenhum problema no pavimento, ou seja, a água nem deverá chegar no nível do pavimento, explicou.

Fabrício se disse muito confiante e agradeceu o convite para empresa.

O responsável pela associação Douglas Paes de Barros, disse a reportagem da Rádio tucunaré, que é um dia importante e que agora é realidade, pois o contrato está assinado.

No próximo domingo haverá um Leilão dê mais de 200 cabeças de gado doadas, que vai acontecer na Fazenda Mandassaia com almoço gratuito. A arrecadação vai pagar os 40% antecipado da empresa.

Diogo disse, que está confiante na capacidade da empresa que vai entregar o projeto até o final de fevereiro.

Um projeto dessa magnitude deve demorar normalmente 6 meses mas a empresa se comprometeu em diminuir esse prazo em 80 a 90 dias, explicou.

Com o aumento do projeto chegando até a Ponte dos Rio dos peixes, aumentou cerca de 270.000 reais a mais do que estava previsto, informou.

Toda mobilização feita agora é no sentido de arrecadar para pagar o projeto apenas, mas ao final caso sobre recurso, será destinado para a segunda etapa.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site